PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Helbor aprova oferta subsequente primária e pode levantar até R$ 557,9 milhões

30/09/2019 12h37

A Helbor (SA:HBOR3) Empreendimentos informou na madrugada desta segunda-feira que seu conselho de administração aprovou a realização de oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, 156.550.000 ações ordinárias, com esforços restritos de colocação, nos termos da Instrução CVM 476. A quantidade de Ações inicialmente ofertada poderá ser acrescida em virtude da possibilidade de colocação das Ações Adicionais.

Por volta das 12 horas desta segunda-feira, as ações da companhia eram negociadas com queda de 1,14% a R$ 2,61.

A cotação de fechamento das ações ordinárias de emissão da companhia na B3, em 27 de setembro, foi de R$2,64, valor este meramente indicativo do Preço por Ação, podendo variar para mais ou para menos. Com base neste Preço por Ação indicativo, o montante total da Oferta Restrita seria R$413.292.000,00, sem considerar as adicionais, e R$557.944.200,00, considerando a colocação da totalidade das ações adicionais. A precificação deve acontecer no dia 10 de outubro.

De acordo com a companhia a oferta restrita será realizada no Brasil, em mercado de balcão não organizado, sob a coordenação do Bradesco BBI, BTG Pactual (SA:BPAC11) e do Itaú BBA. Simultaneamente, serão realizados esforços de colocação das ações no exterior pelo Bradesco (SA:BBDC4) Securities, pelo BTG Pactual US Capital e pelo Itau BBA USA Securities.

Até a data de conclusão do Procedimento de Bookbuilding, a quantidade de ações inicialmente ofertada, poderá ser acrescida em até 35% do total inicialmente ofertado, ou seja, em até 54.792.500 ações ordinárias, as quais serão destinadas a atender eventual excesso de demanda que venha a ser constatado no momento em que for fixado o preço por ação.