PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

IPO do BMG tem demanda que supera a oferta em quatro vezes, diz Estadão

24/10/2019 09h26

A oferta para abertura de capital do Banco BMG (SA:BMGB11) já tem demanda superior a quatro vezes o volume de ações disponibilizadas, considerando somente os investidores institucionais, o que deve garantir o sucesso da operação. As informações são da edição desta quinta-feira da Coluna do Broadcast, do jornal O Estado de S.Paulo.

Essa é a segunda tentativa da instituição mineira de realizar o IPO em menos de um ano. De acordo com a publicação, a maior parte da procura está entre a faixa inferior e o centro do intervalo de R$ 11,60 e R$ 13,40. Entre os investidores, informa o jornal, estão pelo menos "três grandes estrangeiros de qualidade". Isso fez com que o livro tivesse o fechamento antecipado para ontem, com a precificação saindo nesta quinta-feira.

A publicação destaca ainda a posição cautelosa de algumas casas de análises em relação ao IPO do banco mineiro, que em alguns casos chegaram a recomendar distância dos papéis da instituição. Apesar disso, o Estadão informa que a procura entre as pessoas físicas, alvo desses analistas, foi de, pelo menos, o dobro do limite de 20% da oferta.

Na semana passada, a Investing.com Brasil publicou matéria sobre o IPO do BMG, mostrando uma divisão entre os analistas de cinco casas, sendo a Eleven Finacial a única que recomendou a participação no processo. O preço-alvo da Eleven é R$ 19,00, o que representa uma valorização de 52% com base em R$ 12,50, centro da faixa indicativa.