PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

CHARGE: Era para Powell e Trump assustar o mercado no Halloween, mas foi a China

31/10/2019 13h56

Por Jesse Cohen

Feliz Dia das Bruxas!

Enquanto todo mundo esperava que o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, ou o presidente dos EUA, Donald Trump, assustassem os mercados na quinta-feira, na verdade foram as manchetes comerciais negativas que fizeram o trabalho.

O sentimento do mercado foi afetado depois que a Bloomberg informou que as autoridades chinesas duvidam que um acordo comercial com os EUA aconteça.

Autoridades chinesas culparam o presidente dos EUA, Donald Trump, e sua natureza impulsiva e temem que ele possa desistir, mesmo que ambos os lados estejam se preparando para assinar um acordo nas próximas semanas.

O tom mais baixo vem um dia depois que o S&P 500 alcançou recorde após a reunião do Federal Reserve que, como esperado, apresentou o terceiro corte trimestral de taxa de 2019, ao mesmo tempo em que indicava que haveria uma pausa antes de qualquer avanço na política monetária.

O presidente do Fed, Jerome Powell, disse que a política monetária está "em um bom lugar", sinalizando que cortes adicionais nas taxas são improváveis ??porque existem várias áreas fortes na economia dos EUA.

A ferramenta de monitoramento de taxa do Fed do Investing.com, que oferece uma visão de como os investidores encaram a situação, não vê a taxa se mover antes da primavera americana (março de 2020), no mínimo.

Os comentários de Powell se chocam com as exigências do presidente Trump de que o Fed reduza ainda mais as taxas para impulsionar o crescimento econômico, que caiu para uma taxa anual de 1,9% no terceiro trimestre.

Para ver mais dos quadrinhos semanais do Investing.com, visite: http://br.investing.com/analysis/comics

- A Reuters contribuiu para esta matéria