PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Minério de ferro fecha a quinta-feira com forte queda de 2,24% na bolsa de Dalian

07/11/2019 08h34

A jornada desta quinta-feira foi marcada por uma forte queda na cotação dos contratos futuros do minério de ferro, transacionados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para janeiro do próximo ano, cedeu 2,24% a 611,00 iuanes por tonelada, o que representa uma variação de 14,00 iuanes em relação ao valor de liquidação da véspera, que foi de 625,00 iuanes/t.

No caso do vergalhão de aço, o dia também foi negativo para a maioria dos vencimentos dos papéis futuros negociados na bolsa de Xangai, também na China. O contrato mais líquido, para o primeiro mês de 2020, cedeu 26 iuanes para 3.418 iuanes por tonelada, enquanto que o de maio do mesmo ano, segundo em volume, perdeu 21 iuanes para 3.237 iuanes por tonelada.

Os índices acionários chineses tiveram pouca variação nesta quinta-feira, uma vez que a cautela reinou devido às notícias de que um encontro entre os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, para assinar um acordo comercial preliminar pode ser adiado.

As ações chinesas se firmaram recentemente devido às expectativas de que os dois países irão assinar a "fase um" de um acordo comercial este mês para dar uma pausa na guerra comercial.

Mas uma autoridade do governo Trump disse à Reuters na quarta-feira que a reunião para assinar o acordo pode ser adiada até dezembro, já que continuam as discussões sobre termos e local.

Nesta quinta-feira, o Ministério do Comércio da China afirmou que ambos os países concordaram em cancelar em fases as tarifas adotadas durante sua guerra comercial, sem especificar um cronograma.

Com Reuters.