PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Wiz cai depois de registrar lucro de R$ 62,3 no 3º tri, alta de 15%

07/11/2019 14h57

A Wiz (SA:WIZS3) encerrou o terceiro trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 62,3 milhões, alta de 14,8% ante os R$ 93 milhões de um ano antes. Já no acumulado do ano, o crescimento é de 28,3%, indo de R$ 134,8 milhões para R$ 172,9 milhões no período encerrado em setembro.

Diante disso, os papéis operavam com perdas de 0,35% a R$ 11,30, por volta das 13h05.

A receita líquida teve alta na comparação com o mesmo período do ano passado, de 18,0%, indo de R$ 170 milhões para R$ 200,5 milhões. No acumulado do ano, o avanço é de 15,7%, de R$ 482,8 milhões para R$ 558,4 milhões.

Com isso, o Ebitda teve crescimento de 15,3% na base anual, indo de R$ 89,1 milhões para R$ 102,6 milhões. Em 12 meses, a margem Ebitda saiu de 58,7% para 57,2%.

O BTG Pactual (SA:BPAC11) avalia que o terceiro trimestre foi outro bom período para a empresa. Os analistas entendem que a Wiz (SA:WIZS3) está fazendo um esforço muito interessante para defender sua perpetuidade, não "assinando apenas um acordo", mas buscando mais oportunidades. Para eles, se a empresa for bem-sucedida nessa área, a história poderá se tornar cada vez mais interessante.

O banco ainda aguarda um resultado positivo no processo de licitação da Caixa (ou seja, vencer a um preço atraente) para permanecer parceiro após 2021, o que é fundamental para o caso de investimento. Por enquanto, a recomendação segue neutra, pois também é necessário atualizar os modelos, mas não podem negar que o viés nas ações continua a melhorar, mesmo após o rali de 85% no acumulado do ano.