PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Eletrobras tem ganhos com BNDES sinalizando prioridade para privatização

Fachada da Eletrobras, no Rio de Janeiro - Pilar Olivares/Reuters
Fachada da Eletrobras, no Rio de Janeiro Imagem: Pilar Olivares/Reuters

06/12/2019 16h13

Na tarde desta sexta-feira as ações da Eletrobras (SA:ELET3) operam com valorização, com o mercado recebendo bem a notícia de que a privatização da companhia será prioridade para o BNDES. As declarações foram dadas pelo presidente do banco, Gustavo Montezano, que também citou a venda dos Correios como a mais relevante sendo tocada. Por lei, essas operações precisam passar pela instituição.

Assim, por volta das 16h05, os papéis tinham alta de 0,90% a R$ 35,97.

"Só tratamos como prioridade uma vez que a privatização está aprovada. A Eletrobras (SA:ELET3) é uma futura prioridade nossa, mas ainda não está aprovada no Congresso", disse Montezano em jantar promovido pela Platinum Investimentos e publicada pelo O Globo. "Das operações que já estão incluídas no Programa Nacional de Desestatização, temos como destaque os Correios, que é uma operação enorme, CBTU, Trensurb, as duas Ceagesp, de Minas e São Paulo. Essas cinco são as mais relevantes hoje".

O titular do banco de fomento destacou ainda que, nos estados, o BNDES está participando de processos de venda da Companhia Energética de Brasília (CEB (SA:CEBR3)), da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) e da CEEE no Rio Grande do Sul. O próximo passo será o setor de gás, mas que ainda precisa de um acerto regulatório.

Montezano disse ainda que uma de suas metas à frente do BNDES é transformá-lo em um banco de serviços do Estado, dando destaque para a criação de uma área comercial voltada exclusivamente para o atendimento de entes governamentais.

Economia