PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

IGCF 2016: A comunicação governamental eficaz é essencial para proteger direitos, mobilizar a juventude e conquistar a confiança dos cidadãos

IGCF 2016 (International Government Communication Forum 2016)

21/03/2016 21h25

SHARJAH, Emirados Árabes Unidos, 21 de março de 2016 /PRNewswire/ -- A ex-presidente da Irlanda Mary Robinson, que serviu como alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, abriu o segundo dia do quinto "Fórum Internacional da Comunicação Governamental" (IGCF 2016 -- International Government Communication Forum).

(Foto:  http://photos.prnewswire.com/prnh/20160321/346357  )

Mary Robinson disse: "Alguns processos podem ser incluídos em qualquer comunicação governamental proativa, de boa qualidade. O primeiro processo importante é fazer uma reavaliação periódica. O relato deve ser feito por cada estado, por grupos de interesse e por ONGs. É um bom processo porque possibilita contribuições de cidadãos e não apenas de governos".

A discussão de um painel sobre comunicação durante crises teve a participação de especialistas, que delinearam o papel da comunicação governamental em face de desastres naturais e humanitários e a importância da resposta governamental na formação da opinião pública. A discussão destacou as dificuldades que a comunicação governamental enfrenta, medidas tomadas em consequência de crises e a impressão pública sobre a preparação para desastres.

De acordo com o presidente do Comitê Internacional de Resgate David Miliband, que foi secretário de Estado para Relações Exteriores do Reino Unido (2007-2010), a comunicação governamental deve construir e reforçar uma percepção de confiança. Ele destacou que os governos não podem monopolizar as respostas organizacionais e precisam trabalhar em colaboração com a mídia e organizações sem fins lucrativos. Ele disse que a democratização da informação e maior colaboração internacional irão tornar o mundo um lugar melhor.

A segunda sessão do dia discutiu o tema "Comunicação Governamental e Proteção da Estrutura Social". Ao falar sobre como a comunicação governamental pode atingir eficazmente os cidadãos, a ministra de Estado para Assuntos da Juventude dos EAU, Shamma Al-Mazrouei, disse: "Teremos de mudar as unidades de comunicação governamental para torná-las unidades de envolvimento governamental. É preciso ter mais de uma via de comunicação e a comunicação governamental deve ser para a juventude, da juventude".

Ndaba Mandela, neto de Nelson Mandela e fundador da "Africa Rising Foundation" (Fundação da Ascensão da África), disse: "É muito importante que o governo não fale sobre o povo, mas para o povo. Também é muito importante se certificar de que as pessoas afetadas pelos programas governamentais, sejam elas jovens, idosas ou deficientes, façam parte dessa conversação".

A presidente da Administração de Investimento e Desenvolvimento de Sharjah, Sua Excelência a Xeica Bodour bint Sultan Al Qasimi, declarou: "Obviamente, o papel das comunicações governamentais é de fato essencial para promover a cultura e a identidade para as gerações do futuro. No entanto, são necessários esforços em níveis de governo e de comunidade e há necessidade de haver interação entre os dois".

To view the original version on PR Newswire, visit: http://www.prnewswire.com/news-releases/igcf-2016-a-comunicacao-governamental-eficaz-e-essencial-para-proteger-direitos-mobilizar-a-juventude-e-conquistar-a-confianca-dos-cidadaos-300239232.html

FONTE IGCF 2016 (International Government Communication Forum 2016)