Bolsas

Câmbio

Gestão transformadora para saúde pública pauta Almoço-Debate LIDE com Ministro Barros

Almoço-Debate

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 27 de julho de 2016 /PRNewswire/ -- O ministro da Saúde, Ricardo Barros, é o convidado do LIDE – Grupo de Líderes Empresariais para palestrar sobre "Gestão transformadora para a saúde pública", no próximo Almoço-Debate. Sob o comando de Luiz Fernando Furlan, chairman of the Board do LIDE, o evento será realizado em 8 de agosto, das 12h às 14h30, no Hotel Grand Hyatt, em São Paulo.

Barros apresentou recentemente o Centro Integrado de Operações Conjuntas da Saúde (CIOCS) para a Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016. Segundo o ministro, há expectativa de que cerca de 20 mil atendimentos médicos e 700 remoções sejam feitas durante os jogos. O Ministério da Saúde investiu R$ 72 milhões para colocar 146 ambulâncias à disposição nos dois maiores eventos desportivos do mundo. De acordo com o governo, a rede terá 235 leitos de retaguarda, em casos de acidentes.

Um dos prováveis questionamentos de lideranças empresariais durante o debate deverá ser a proposta de criação de planos de saúde mais baratos, mas com menos serviços de atendimento obrigatórios. Defendida pelo ministro, a proposta – segundo ele – pode ajudar a ampliar o número de beneficiários de saúde suplementar, reduzir a demanda do SUS e, consequentemente, dar maior folga de recursos para financiar o atendimento na rede pública. Apesar de apoiar a iniciativa, o ministro disse recentemente não ter expectativa de que ela "acabe com a fila do SUS".

Segundo Barros, a ideia é reduzir a exigência mínima de cobertura definida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para planos de internação hospitalar. "Plano de saúde acessível tem uma cobertura menor e um custo menor. Todo tipo de procedimento que pudermos oferecer às pessoas com segurança, qualidade e que não sejam feitos pelo SUS significam um alívio na fila. Todo recurso que entrar é um recurso para saúde", declarou em recente entrevista. Para o ministro, a oferta privada não vai diminuir gastos, só ampliará o atendimento à população.

"Pretendemos fazer muito pelo SUS. Melhorar a qualidade das consultas, informatizar o sistema. Vamos, ainda, otimizar a aplicação de recursos. E investir muito em promoção e prevenção na saúde", finaliza Barros.

Esta edição do Almoço-Debate LIDE conta com o patrocínio de COUROMODA, GOCIL e MAPFRE. Como fornecedores oficiais, estão as empresas AMIL, ANTILHAS, CDN COMUNICAÇÃO, CORPORATE IMAGE, DELONGHI, ECCAPLAN e MISTRAL. AMÉRICA ECONOMIA BRASIL, rádio ANTENA 1, jornal DCI, GRUPO KALLAS, PR NEWSWIRE, revista e TV LIDE, e WINNERS são mídia partners do evento.

Mais informações à imprensa

Rose Rocha – (11) 3643-2952 / rose-rocha@cdn.com.br

Cristiane Felix – (11) 3643-2753 / cristiane.felix@cdn.com.br

FONTE Almoço-Debate

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos