Bolsas

Câmbio

Renmatix assegura investimento de Bill Gates e Total, uma importante empresa global do setor energético, no valor de US$ 14M em combinação com a assinatura da licença para 1 milhão de toneladas de açúcar celulósico

Renmatix

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

FILADÉLFIA, 15 de setembro de 2016 /PRNewswire/ -- A Renmatix, líder em açúcares celulósicos acessíveis, anunciou hoje um investimento de US$ 14M, liderado por Bill Gates.

Foto - http://photos.prnewswire.com/prnh/20160913/407416-INFO

A demanda da indústria por alternativas competitivas a moléculas derivadas do petróleo está ganhando força, a despeito das recentes pressões de mercado. Visando a expandir esse suprimento, o processo da Plantrose® proporciona uma tecnologia capacitadora para biorefinarias lucrativas. Esse investimento na comercialização da Plantrose vai ajudar a impulsionar a primeira onda de licenciados da Renmatix edificando biorefinarias habilitadas para Plantrose em diversos mercados globais como o Canadá, Índia, Malásia, EUA e em outras partes. Em paralelo, essa atividade vai facilitar ainda mais o desenvolvimento de mercado em aplicações de bioprodutos em maior velocidade.

De acordo com Gates: "Para tratar das mudanças climáticas com eficácia, precisamos desenvolver uma infra-estrutura de energia que não emita gases do efeito estufa e que tenha um custo competitivo. Um componente crítico nesse esforço deve ser descarbonizar o setor industrial. Outro é a possibilidade de biocombustíveis com custo competitivo. A Renmatix proporciona um processo inovador por meio de um percurso empolgante."

Gates está em conjunto com a Total (NYSE: TOT), a grande do setor global de energia que, após um investimento inicial em 2015, expandiu seu investimento e, além disso, assinou um contrato de licenciamento com a Renmatix para 1M de toneladas de capacidade de produção de açúcar celulósico por ano, à discrição da Total, para construir instalações correspondentes. A licença representa um potencial de receita significativo para a Renmatix, ampliando-se para além da duração do contrato.

"Na Total, nossa ambição é nos tornarmos a grande e responsável do setor de energia. Queremos fazer dos negócios com pouco carbono um impulsionador de crescimento lucrativo responsável por 20% de nossa carteira nos próximos 20 anos. Cumprir essas metas é o que tem levado à implementação e expansão de nossa colaboração com a Renmatix", declarou Patrick Pouyanné, presidente e CEO da Total.

O processo patenteado da Plantrose utiliza água supercrítica para reduzir custos na conversão de biomassa para açúcares celulósicos, o intermediário essencial para bioquímicos e biocombustíveis de segunda geração. Com reações mais rápidas e praticamente não associadas a despesas consumíveis, a hidrólise supercrítica da Renmatix capacita economicamente uma multidão de tecnologias de processo renováveis para aceder ao mercado de açúcares celulósicos "de alto volume, baixo custo e de diversas origens" que está se constituindo atualmente. A partir dessa fundação bem estabelecida em açúcares industriais, a empresa continua a expandir seu portfólio de produto valorizando intermediários adicionais de bloco de bioconstrução, incluindo a celulose cristalina e polímeros Omno®.

"Esse progresso contínuo marca a aceleração evidente de um novo regime químico baseado em açúcar. Algo que vai além dos produtos convencionais baseados em petróleo para soluções mais limpas e mais sustentáveis, declarou Mike Hamilton, CEO da Renmatix. "Enquanto estamos trabalhando com parceiros para capitalizar a vasta oportunidade para transformação baseada em biodegradáveis em mercados tão diversificados como os EUA e Índia, esse investimento da Gates e Total juntos - mostra o reconhecimento de conquistas tecnológicas, e amplia nosso ímpeto comercial. Esse reconhecimento e assinatura por parte da Total da licença de um milhão de toneladas, são indicadores convincentes de nossa maturação de tecnologia Plantrose frente à escala de biorefinaria."

Sobre a Renmatix

A Renmatix é a principal licenciadora de tecnologia para a conversão de biomassa em açúcar celulósico, uma matéria-prima que possibilita alternativas ao petróleo, utilizadas nos mercados globais de bioquímicos e biocombustíveis. O processo Plantrose de propriedade da empresa desafia a economia convencional do açúcar ao converter, de maneira econômica, biomassa celulósica, desde restos de madeira até resíduos agrícolas, em açúcares Plantro® úteis e com bom custo-benefício e blocos de construção biodegradáveis adicionais. A tecnologia de hidrólise supercrítica da Renmatix quebra a biomassa não alimentar de maneira muito mais rápida do que outros processos e aumenta o custo-benefício não utilizando nenhum bem de consumo significativo. A Renmatix é uma empresa privada, com uma central técnica internacional na Pensilvânia, uma Instalação de Processamento de Matéria-Prima (FPF, Feedstock Processing Facility) em Nova York, e operações de produção no Complexo Integrado de Plantrose (IPC, Integrated Plantrose Complex) na Geórgia. renmatix.com

Contato

Duncan Cross

Vice-presidente de desenvolvimento corporativo

Renmatix

renmatix@missionc2.com

 

FONTE Renmatix

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos