Federação Mundial do Coração apela aos governos para que ajam agora a respeito da saúde cardiovascular

The World Heart Federation (WHF)

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

NOVA YORK, 22 de setembro de 2016 /PRNewswire/ -- A Federação Mundial do Coração (WHF, sigla em inglês) está hoje emitindo um chamado aos governos a uma política global ,  para que implementem sistemas de vigilância e monitoramento das DCV (doenças cardiovasculares) para melhor prevenir, tratar e controlar as maiores responsáveis por mortes no mundo.

As DCV estão liderando as causas de mortes mundialmente, reclamando 17,5 milhões de vidas por ano. Entretanto, pelo menos 80% das mortes prematuras por DCV poderiam ser evitadas [1] com o tratamento de fatores de riscos comportamentais – e usando tratamentos simples – depois de um ataque cardíaco ou AVC.

O chamado aos elaboradores de políticas e aos governos foi feito hoje no encontro da Iniciativa Corações Globais (Global Hearts Initiative) da Organização Mundial de Saúde. A Iniciativa vai ajudar os governos a implementarem intervenções, tanto ao nível da população quanto clínico, para reduzir as taxas das DCV.

A OMS aponta três passos práticos que os elaboradores de políticas podem dar para coletar dados confiáveis, para formar uma política precisa e impactante em torno das DCV:

Reforçar os sistemas de registro vital e de causa da morte Incluir a cobertura das principais intervenções das DCV nos existentes sistemas de informação de saúde Coletar informações quanto a uma subamostra representativa da população, sobre a prevalência e qualidade dos cuidados dos pacientes com hipertensão e DCV, e realizar periódica coleta de dados sobre os fatores de risco comportamentais e metabólicos (uso nocivo de álcool, inatividade física, uso de tabaco, dieta não saudável, sobrepeso e obesidade, aumento da pressão sanguínea, aumento do açúcar no sangue e hiperlipidemia) e determinantes da exposição de risco tais como marketing alimentício, de tabaco e álcool, numa subamostra da população. No Dia Mundial do Coração, a WHF também vai lançar seu  resumo da política , que identifica lacunas e necessidades dos sistemas globais de vigilância e monitoramento da DCV.

O DR. Salim Yusuf, presidente da WHF, diz: "Sabemos que robustos monitoramento e vigilância são fundamentais para guiar que políticas e estratégias nós implementamos, e se elas são bem-sucedidas na redução das taxas de DCV. Países que medem essas taxas também são aqueles que demonstram as maiores reduções das DCV.

"Apelamos aos governos para que reforcem seu compromisso com a prevenção de mortes prematuras, tomando algumas medidas fundamentais para melhor vigilância das suas populações".

Demonstre seu apoio ao Dia Mundial do Coração (World Heart Day) tuitando @worldheartfed com sua #HealthyHeartSelfie (selfie do coração saudável).

Leia o completo  chamado para uma política global e faça  download do modelo da carta da WHF apelando aos governos para que implementem sistemas de vigilância e monitoramento das DCV, confiáveis e adequados para a finalidade.

http://www.worldheartday.org

--------------------------------------------------

1.  http://www.world-heart-federation.org/what-we-do/world-heart-day/about-world-heart-day/

To view the original version on PR Newswire, visit: http://www.prnewswire.com/news-releases/federacao-mundial-do-coracao-apela-aos-governos-para-que-ajam-agora-a-respeito-da-saude-cardiovascular-300331981.html

FONTE The World Heart Federation (WHF)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos