Flexform(R) lança cadeiras com Tecnologia Bacteriostática Microban(R) que comprovadamente inibe o crescimento de superbactérias como KPC

Microban do Brasil

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

COTIA, Brasil, 22 de setembro de 2016 /PRNewswire/ -- Manter o controle microbiológico em áreas críticas é um grande desafio. Produtos de limpeza não são 100% eficazes. Fatores externos como tempo, disponibilidade dos envolvidos na limpeza e alta frequência, também podem interferir na atividade de manter o ambiente de alto tráfego livre do crescimento descontrolado de microrganismos, pois proliferam a cada 20 minutos dobrando sua quantidade.

 

 

Porém, existem tecnologias que nos ajudam a manter a proliferação de bactérias controladas, mesmo entre os procedimentos de limpeza. Por isso a Tecnologia Bacteriostática é aliada da segurança, pois auxilia as práticas de limpeza e ajuda a reduzir os pontos de contaminação cruzada e proliferação perene de organismos nocivos em ambientes críticos de controle microbiológico

A Tecnologia Bacteriostática Microban não causa mutação ou resistência nas bactérias, pois mata através do contato físico, no momento que o microrganismo tenta se fixar na superfície da cadeira para proliferar. A molécula do Microban perfura a sua parede celular causando um vazamento citoplasmático, não permitindo a sua proliferação nesta superfície, interrompendo o seu ciclo de alimentação e reprodutivo, até a sua morte não permitindo resistência ou mutação.

A empresa norte americana Microban, com mais de 30 anos focada exclusivamente em incorporar Ação Bacteriostática, Fungistática e Antiodor durante a fabricação dos mais variados produtos de grandes indústrias ao redor do mundo nos mais diversos segmentos (Alimentar, Hospitalar, Infantil, Moveleiro, Têxtil), comprovou em seus laboratórios de microbiologia a capacidade das cadeiras antibacterianas Flexform resistirem à fixação e crescimento da superbactéria KPC Klebisiella pneumoniae carbapenemases, que encontrou na superfície com Proteção Microban um ambiente hostil onde não pode proliferar.

Aliada do controle microbiológico, a Tecnologia Bacteriostática já se faz presente em Hospitais e sistemas de saúde na Europa, Reino Unido e Estados unidos em diversas aplicações. Como no sistema público de saúde NHS da Inglaterra, ou o Fiona Stanley Hospital na Austrália, entre outros, que já contam com a Proteção Microbiostática em Revestimentos, Tecidos, Interruptores Elétricos, Divisórias, Inaladores, Equipamentos médicos etc. A Tecnologia Antibacteriana pode ser facilmente incorporada em polímeros, resinas, tintas e tecidos, mantendo estas aplicações mais seguras e limpas por mais tempo, mesmo entre os intervalos dos procedimentos de limpeza e por toda sua vida útil.

Saiba mais em www.microban.com

Contato: (11) 4612-4420

(Foto: http://www2.prnewswire.com.br/imgs/pub/2016-09-21/original/3266.jpg )

FONTE Microban do Brasil

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos