Bolsas

Câmbio

Durante Almoço-Debate, Rodrigo Maia afirma que reequilíbrio fiscal é fundamental para o Brasil

ALMOÇO-DEBATE LIDE

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 24 de outubro de 2016 /PRNewswire/ -- Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, fez questão de enfatizar que não vê nada mais importante para o Brasil para retomar o crescimento do que o reequilíbrio fiscal. "Este é um objetivo possível e tenho me empenhado muito nisso. Todos os poderes precisam definitivamente trabalhar de forma harmoniosa e priorizar os interesses do País, defendendo uma agenda de recuperação em 2017 e de crescimento em 2018", afirmou, durante Almoço-Debate LIDE realizado nesta segunda-feira (24), no Hotel Grand Hyatt, na capital paulista.

"Tenho defendido com todas as forças a PEC do teto e a reforma da previdência. Essa é a primeira vez que o governo encaminha uma reforma que não tira do bolso do trabalhador", enfatizou sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos, e entra em semana decisiva para aprovação em segundo turno. Conhecida como PEC do teto de gastos, a proposta já foi aprovada em primeiro turno, mas, por se tratar de emenda à Constituição, para ir ao Senado ainda precisa ser aprovada por pelo menos três quintos dos deputados (308 dos 513) em segundo turno, o que está previsto para esta terça (25).

Rodrigo Maia também defendeu que o Estado brasileiro precisa trabalhar fortemente para a queda da taxa de juros, e se diz indignado que a carga tributária brasileira (valor de todos os impostos pagos pelos cidadãos e empresas na proporção das riquezas produzidas no país) esteja em 35%. "O aceitável é que esses tributos das riquezas produzidas pelo país cheguem a 20%, 25% no máximo. E para isso precisamos priorizar os investimentos", alerta.

Sob o comando de Luiz Fernando Furlan, chairman of the Board do LIDE, e Roberto Giannetti da Fonseca, vice-chairman, o presidente da Câmara dos Deputados, o Almoço-Debate recebeu CEOs, presidentes e outras lideranças da iniciativa privada, junto do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes; dos senadores José Anibal e Aloysio Nunes, os deputados federais Gilberto Nascimento; Bruno Covas; Eduardo Cury; Rodrigo Goulart; além do prefeito eleito de São Paulo, João Doria.

O Almoço-Debate LIDE conta com o patrocínio da FEIRA APAS SHOW 2017, CBRE, COSAN, EVEN, GOCIL, JSL, KIA, KPMG, MAPFRE, MOVIDA, MULTIPLAN, NELSON WILLIANS & ADVOGADOS ASSOCIADOS, RUMO, SAPORE e SETIN INCORPORADORA. Como fornecedores oficiais, estão a AMIL, ANTILHAS, CDN COMUNICAÇÃO, CORPORATE IMAGE, DELONGHI, ECCAPLAN e VINCI. As revistas AMÉRICA ECONOMIA BRASIL, LIDE, THE PRESIDENT e WINNERS, as rádios ANTENA 1 e JOVEM PAN, jornal DCI, GRUPO KALLAS, PR NEWSWIRE, e TV LIDE são mídia partners do evento.

Contato: Rose Rocha

Tel: (11) 3643-2952 – rose-rocha@cdn.com.br

(Foto: http://www2.prnewswire.com.br/imgs/pub/2016-10-24/original/3334.jpg )

FONTE ALMOÇO-DEBATE LIDE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos