Bolsas

Câmbio

Novos dados da Concur mostram que negócios da Airbnb estão crescendo rapidamente entre passageiros corporativos

Concur

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

BELLEVUE, Washington, 3 de novembro de 2016 /PRNewswire/ -- A Concur, uma empresa SAP (NYSE: SAP) e maior fornecedora do mundo de soluções integradas de gestão de despesas e viagens, divulgou hoje uma análise aprofundada  com base em um subconjunto de dados de clientes Concur representando US$ 77 milhões em gastos com Airbnb e mais de 320.000 gastos com Airbnb no decorrer de oito trimestres1.

As descobertas mostraram quais setores e segmentos estão impulsionando o uso do Airbnb em viagens de negócios. O uso do Airbnb também mostrou sólido crescimento com o passar dos tempos, incluindo o número de passageiros de negócios contratando acomodações no Airbnb, que cresceu 44 por cento no 2T de 2016, em comparação com o mesmo período do ano anterior2.

"Os dados de viagens e despesas da Concur nos mostram que, embora o uso do Airbnb esteja crescendo entre todos os setores e indústrias, o ímpeto é mais forte entre pequenas e médias empresas dos setores de tecnologia e ensino superior", declarou Tim MacDonald, vice-presidente executivo de Produtos Globais na Concur. "Embora os gastos com hotéis ainda representem a maioria do consumo em acomodações de negócios, há um aumento em passageiros de negócios explorando acomodações alternativas, principalmente durante grandes conferências e eventos."

A Concur descobriu que o número de organizações usando o Airbnb aumentou 32 por cento e os gastos gerais em 42 por cento em um ano, desde o 2T de 2015 até o 2T de 2016. Os gastos médios com o Airbnb foram de US$ 242,00, mas o custo médio variou entre as principais cidades dos EUA.

Uma análise mais aprofundada revelou:

Pequenas e médias empresas estão entre as que adotam o serviço mais rapidamente. Empresas de pequeno e médio porte (até 1.000 funcionários) aumentaram os gastos no Airbnb em 38 por cento no 2T de 2016 em comparação com o 2T de 2015. Em média, pequenas e médias empresas gastaram US$ 2.800,00 em estadas do Airbnb no 2T de 2016, enquanto que um número pequeno de organizações gastou mais de US$ 20.000,00 no mesmo trimestre. O uso e gastos em hotéis ainda estão em alta. O uso das principais cadeias hoteleiras tem crescido ano após ano, mas a uma taxa substancialmente inferior a do Airbnb. No 2T de 2016, os gastos totais com viagens de negócios nos principais hotéis foram 250 vezes maiores que os gastos com viagens de negócios no Airbnb. As empresas de tecnologia não são as únicas usando o Airbnb. À medida que cresce a adoção do Airbnb, o base de usuários está se diversificando. O setor acadêmico agora é um importante motivador dos gastos de viagens de negócios em estadas no Airbnb. No 2T de 2016, seis dos 20 principais consumidores do Airbnb foram universidades, enquanto que 8 dos 20 principais consumidores do Airbnb foram empresas de tecnologia. Os passageiros de negócios podem mesclar trabalho e exploração. Desde o 3T de 2014 até o 2T de 2016, foram gastos mais dinheiro em estadas no Airbnb em San Francisco do que em qualquer outra cidade. Enquanto isso, Londres manteve-se firme em número dois no período de dois anos, seguida de Nova York, Los Angeles, Paris, Austin, Seattle, Washington D.C., Chicago, e Sidney, ilustrando uma mudança crescente em como os funcionários abordam a viagem de negócios. Os passageiros de negócios poderiam ver o Airbnb como uma oportunidade com boa relação custo-benefício para explorar os bairros pitorescos de uma cidade que estão a uma curta distância a pé dos principais hotéis. As grandes conferências são fatores impulsionadores. Analisando o volume diário de gastos com o Airbnb, as reservas aumentaram drasticamente em San Francisco durante a conferência anual Dreamforce da Salesforce.com realizada em outubro. De fato, o uso foi seis vezes mais elevado que a média durante a conferência da Dreamforce de 2015. Austin está classificada em terceiro em gastos no Airbnb em todo o mundo durante o 1T de 2015 e 2016, o que corresponde a South by Southwest. No entanto, ela classifica-se muito abaixo em todos os outros trimestres durante a janela de dois anos.   1 Metodologia

A Concur reuniu dados de gastos com o Airbnb de empresas comuns durante um período de oito trimestres desde o 3T de 2014 até o 2T de 2016. O subconjunto resultante de clientes da Concur usando o Airbnb representa US$ 77 milhões em gastos e mais de 320.000 despesas com o Airbnb. Um conjunto de dados análogo para as diversas cadeias dos principais hotéis também foi reunido e analisado.

22T de 2015 vs. 2T de 2016. 2T é abril, maio e junho.

Para mais informações sobre esta análise, acesse Concur.com  

Sobre a Concur

A Concur, uma empresa SAP, imagina o modo como o mundo deve trabalhar, oferecendo serviços baseados em nuvem que simplificam a gestão de viagens e despesas. Ao conectar dados, aplicativos e pessoas, a Concur transmite uma experiência sem esforços e total transparência em despesas onde quer que aconteçam, não importa quando. Os serviços da Concur se adaptam às preferências do funcionário individual e escala, a fim de satisfazer as necessidades de empresas, das pequenas até as grandes, a fim de que possam concentrar-se no que mais importa para seus negócios. Saiba mais em www.concur.com ou na Sala de Imprensa da Concur.

Contato

Jessie DiMariano

Jessie.DiMariano@edelman.com

206-268-2289

Logo - http://photos.prnewswire.com/prnh/20151103/283657LOGO

FONTE Concur

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos