Bolsas

Câmbio

Nova exposição sobre educação em direitos humanos estreia na sede da Organização das Nações Unidas em Genebra

Soka Gakkai International

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

GENEBRA e TÓQUIO, 8 de março de 2017 /PRNewswire/ -- Uma nova exposição intitulada Transformação de Vidas: O Poder da Educação em Direitos Humanos estreou no dia 6 de março no Palais des Nations (Palácio das Nações), na sede da Organização das Nações Unidas em Genebra.

Com exibição prevista até 17 de março, a mostra proporciona incremento à conscientização sobre o papel da educação em direitos humanos, promovendo a dignidade, igualdade e paz e prevenindo violações e abusos dos direitos humanos. O evento assinala o quinto aniversário da adoção da Declaração das Nações Unidas sobre a Educação e Formação em Direitos Humanos em dezembro de 2011.

A exposição conta com a organização conjunta da SGI (Soka Gakkai Internacional), HRE 2020, o Grupo de Trabalho de ONGs sobre Educação e Formação em Direitos Humanos, e os estados que compreendem a Plataforma para Educação e Formação em Direitos Humanos, com o apoio do ACNUDH (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos). Os painéis podem ser vistos no site http://www.sgi.org/in-focus/2017/transforming-lives.html .

Na inauguração, a embaixadora Maria Nazareth Farani Azevêdo, representante permanente do Brasil nas Nações Unidas em Genebra, comentou: "A educação e formação em direitos humanos são cruciais para se conquistar uma sociedade pautada pela paz, tolerância e sustentabilidade, na qual os direitos humanos, em sua totalidade, sejam respeitados protegidos e observados".  

Abdulaziz Almuzaini, diretor do Escritório de Ligação da Unesco em Genebra, acrescentou: Gostaria de enaltecer os organizadores pelo compromisso comum de ampliar a conscientização e promover ações para apoiar a educação humana no mundo todo".

Hirotsugu Terasaki, diretor-geral de Assuntos Referentes à Paz e Questões Mundiais da SGI citou palavras do presidente da SGI, Daisaku Ikeda: "Nunca foi tão importante criar e consolidar um movimento de fomento à educação em direitos humanos que crie as condições sociais nas quais as pessoas valorizem a diversidade e a dignidade humana".

Entre os oradores, incluíam-se Craig Mokhiber, chefe do setor de Desenvolvimento Econômico e Social do EACDH (Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos), e Emma Melander Borg da coalizão mundial para a educação em direitos humanos HRE 2020.

Os 25 painéis da exposição retratam como a educação em direitos humanos transformou a vida de pessoas na Austrália, em Burkina Faso, no Peru, em Portugal e na Turquia. É um chamado para cidadãos, governos e organizações da sociedade civil tomarem iniciativas de estímulo à cultura dos direitos humanos.

A SGI é uma associação budista estabelecida na comunidade, com 12 milhões de integrantes ao redor do mundo. Seus associados promovem a paz, cultura e educação em consonância com a tradição humanista de longa data do budismo.

Contato:

Joan Anderson

Office of Public Information

Soka Gakkai International

Tel.: +81-80-5957-4711

E-mail: anderson[at]soka.jp

FONTE Soka Gakkai International

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos