Após o ciclone tropical ENAWO atingir Madagascar, membros da Cidade Humanitária Internacional (WFP, UNHRD, WHO e UNICEF) e a ADRA distribuem 100 toneladas de itens de socorro com o apoio de Sua Majestade Xeique Mohammed bin Rashid Al Maktoum

International Humanitarian City

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

DUBAI, Emirados Árabes Unidos, 13 de março de 2017 /PRNewswire/ -- Sob a direção de Sua Majestade Xeique Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente e primeiro-ministro dos EAU e soberano de Dubai, cerca de 100 toneladas de itens de socorro e sobrevivência, organizados pela Cidade Humanitária Internacional (IHC -- International Humanitarian City) de Dubai, foram despachados ontem do Aeroporto Internacional de Dubai para Madagascar, para socorrer as vítimas do Ciclone Enawo, o mais forte a atingir a ilha em 13 anos. O ciclone, que deixou vilas e cidades inundadas, casas, escolas, hospitais e infraestrutura crítica destruídos e, até o momento, mais de 65.000 pessoas desalojadas, deverá afetar, com o tempo, 760.000 pessoas em nove regiões de Madagascar.

(Foto: http://mma.prnewswire.com/media/477666/International_Humanitarian_City.jpg )

Ao saber do ciclone, membros da Cidade Humanitária Internacional pediram apoio à administração da IHC que, por sua vez, trabalhou com o Conselho da IHC em coordenação com Sua Majestade Xeique Mohammed, para assegurar a disponibilização de uma aeronave. Essa aeronave foi uma contribuição pessoal de Sua Majestade Xeique Mohammed para apoiar, mais uma vez, a IHC e seus membros e para ajudar o povo de Madagascar. O custo total do transporte aéreo é estimado em US$ 250.000 (Dhs 918.250).  

Essa é a primeira resposta da Cidade Universitária Internacional a um desastre natural no continente africano. Anteriormente, a IHC providenciou ajuda para problemas de guerra e de refugiados na África, na maioria emergências prolongadas, mas nunca um desastre natural.

O embarque dos membros da IHC irá chegar a Antananarivo, capital de Madagascar, em 9,5 horas e tem um valor total de US$ 292.799 (AED 1.074.708). Os itens a serem entregues incluem: remédios de suprimentos médicos para 50.000 pessoas por 3 meses, disponibilizados pela Organização Mundial de Saúde; 300.000 pacotes de biscoitos altamente energéticos prontos para consumo para satisfazer as necessidades de 60.000 pessoas por 5 dias, disponibilizados pelo Programa Mundial de Alimentos; itens de assistência de abrigo para aproximadamente 20.000 pessoas, disponibilizados pela UNICEF, e encerados e kits de abrigo de emergência disponibilizados pela ADRA, uma ONG internacional  com operações de campo em Madagascar. Finalmente e não menos importante, a UNHRD também irá participar, empregando equipamentos e ativos de logística para estabelecer um centro de logística móvel para apoiar a distribuição dos itens em todas as áreas, especialmente as mais remotas.

O ciclone tropical Enawo atingiu o Nordeste de Madagascar na manhã de 7 março, movendo-se a velocidades de 200 a 300 quilômetros por hora. Em 8 março, o Enawo enfraqueceu de ciclone tropical "intenso" para "moderado", com uma velocidade média de 80 km/h e piques de 112 km/h. Muitas pessoas, cujas casas foram inundadas ou destruídas, foram abrigadas por parentes em áreas mais seguras, enquanto milhares de pessoas desalojadas internamente (IDPs) foram abrigadas em escolas, igrejas e ginásios. Ventos fortes, inundações e deslizamento de terra feriram 183 pessoas e mataram outras 50 até agora e 20 pessoas estão desaparecidas. A extensão do dano ainda é desconhecida, devido a dificuldades de comunicação e de atingir as áreas mais afetadas.

Itens de Socorro são pré-posicionados em 15 distritos, para atender necessidades de segurança alimentar, educação, saúde, nutrição, abrigo, água, saneamento e proteção. Porém, mais ajuda precisa ser transportada para áreas difíceis de serem acessadas no Nordeste, por mar ou por ar. Suprimentos adicionais começaram a ser levados para as regiões de Sava e de Analanjirofo em 10 de março. Grupos humanitários estão se reunindo diariamente e um centro de operações conjuntas foi estabelecido na sede do The National Office for Disaster Risk and Management em Antananarivo.

Contato:  Chris Wilson, The PR Office, +44(0)78-2487-5864

To view the original version on PR Newswire, visit: http://www.prnewswire.com/news-releases/apos-o-ciclone-tropical-enawo-atingir-madagascar-membros-da-cidade-humanitaria-internacional-wfp-unhrd-who-e-unicef-e-a-adra-distribuem-100-toneladas-de-itens-de-socorro-com-o-apoio-de-sua-majestade-xeique-mohammed-bin-rashid-300422433.html

FONTE International Humanitarian City

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos