Bolsas

Câmbio

Consulta Pública para inclusão de tratamento para câncer de mama avançado no SUS termina amanhã

Instituto Arte de Viver Bem

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 1 de maio de 2017 /PRNewswire/ -- Eny Rodrigues da Silva tem câncer de mama metastático e só consegue medicação sem custos porque faz parte de uma pesquisa sobre os benefícios do tratamento, oferecido atualmente apenas na rede particular. "Ganhei minha vida de volta", conta Eny, que há 9 anos recebeu o diagnóstico.

"Se não fossem esses medicamentos, não teria visto a formatura do meu filho nem o nascimento do meu sobrinho-neto". Agora, junto com o IAVB, ela luta para que todas as pacientes tenham acesso ao mesmo tratamento gratuito pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Estudos publicados no Journal of Clinical Oncology e no Journal of Global Oncology revelam que a incorporação ao SUS da combinação dos medicamentos salvaria 768 vidas de mulheres com câncer de mama metastático HER2-positivo no Brasil. Do total de 2 mil pacientes diagnosticadas com este subtipo da doença em 2016, apenas 808 estarão vivas, após dois anos, se forem tratadas somente com quimioterapia. Caso recebam a combinação, o número de sobreviventes subirá para 1.576.

Para o mastologista Roberto Hegg, "a combinação mostrou eficiência tanto no tratamento da metástase quanto na prevenção do alastramento do câncer". O especialista é chefe do departamento de Pesquisa no Hospital Pérola Byington e investigador do CLEOPATRA, (Clinical Evaluation Of Pertuzumab and Trastuzumab), estudo realizado em 25 países que utilizaram a combinação dos medicamentos (Pertuzumabe e Trastuzumabe, associados ao quimioterápico Docetaxel),

O Governo Federal lançou uma Consulta Pública que vai até amanhã (02 de maio) para que a sociedade opine sobre o assunto. Para participar, basta entrar em http://conitec.gov.br/consultas-publicas , Consulta Pública n° 13, e dar a contribuição em Experiência ou Opinião , a favor da inclusão do tratamento no SUS.

O Instituto Arte de Viver Bem - IAVB, que orienta mulheres contra o câncer de mama, iniciou uma campanha para chamar a atenção da sociedade. "É de fundamental importância que pacientes, familiares e profissionais de saúde participem da consulta pública", explica Valéria Baraccat Gyy, fundadora do IAVB. "Já houve casos de a CONITEC rever a sua posição", incentiva Valéria.

De acordo com o INCA, a cada ano surgem 11  mil novos casos de câncer de mama metastático no Brasil.

INSTITUTO ARTE DE VIVER BEM - IAVB

Heliana Nogueira

32595254/999781292

Foto - http://www2.prnewswire.com.br/imgs/pub/2017-04-28/original/3575.jpg  

FONTE Instituto Arte de Viver Bem

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos