'Foco do BNDES agora são projetos, não importam os setores', diz Maria Silvia em Almoço-Debate LIDE

Almoço-Debate LIDE

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 8 de maio de 2017 /PRNewswire/ -- "A prioridade do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social será dada a projetos, independente dos setores em que eles se originem, que apresentem inovação, pouco impacto no meio ambiente, aumento nas exportações, ampliação da infraestrutura, promovam a saúde pública e a educação", afirmou Maria Silvia Bastos Marques. A presidente do BNDES foi convidada do LIDE – Grupo de Líderes Empresariais para falar sobre o "Desenvolvimento como fator de geração de negócios e empregos", em Almoço-Debate LIDE. O evento contou com a participação de 441 CEOs, presidentes e outras lideranças corporativas, além de autoridades públicas, no Hotel Grand Hyatt, nesta segunda-feira, 8 de maio, na capital paulista.

Legenda da Foto: Presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos, em Almoço-Debate LIDE

(Crédito/foto: Fredy Uehara/Uehara Fotografia)

As novas diretrizes da política operacional do BNDES priorizam uma atuação mais horizontal, com focos em projetos, ao contrário da gestão anterior que incentivou os grandes grupos de determinados setores, as chamadas "campeãs nacionais". Agora, o banco estatal de fomento determinou os atributos que definirão quanto haverá de taxa de juro de longo prazo nos financiamentos. Para dar mais impulso à concessão de créditos, a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) será substituída gradualmente nos próximos cinco anos pela Taxa de Longo Prazo (TLP). A nova taxa seguirá um título público com prazo de cinco anos que rende um juro fixo mais a taxa da inflação, proporcionando mais previsibilidade aos contratos e maior segurança, à medida que poderá contar com instrumentos de proteção.

Para ela, taxas de juros mais baixas nos casos de concessões, por exemplo, vão permitir o compartilhamento dos investimentos público e privado em infraestruturas. Em relação às PMEs, disse que o BNDES está focado em facilitar o acesso ao crédito, com lançamentos na área digital, como um portal. "Há sinais da retomada da economia, com a queda das taxas de juros e da inflação, a recuperação dos indicadores de confiança, uma avaliação positiva dos ativos das companhias, a aprovação da PEC dos gastos, a lei da terceirização, a revisão da tendência de ratings, a supersafra de 2017, a alta na produção de veículos e a estimativa positiva do PIB para este ano", concluiu.

Esta edição do Almoço-Debate LIDE contou com o patrocínio de grandes empresas: ATHIÉ WOHNRATH, BRAGA NASCIMENTO & ZILIO, COSAN, CYRELA, GOCIL, MULTIPLAN e SBCOACHING. Como fornecedores oficiais, a AMIL, CDN COMUNICAÇÃO, CORPORATE IMAGE, EASY, ECCAPLAN, MULT-ART EVENTOS, RUBENS DECORAÇÕES, TRÊS CORAÇÕES e VINCI. As rádios ANTENA 1 e JOVEM PAN; jornal DCI, PR NEWSWIRE, revista e TV LIDE foram mídia partners do evento.

Informações à imprensa

Rose Rocha – (11) 3643-2952 / rose-rocha@cdn.com.br  

Fernando Irribarra – (11) 3643-2761 / fernando.irribarra@cdn.com.br

(Foto: http://www2.prnewswire.com.br/imgs/pub/2017-05-08/original/3595.jpg )

FONTE Almoço-Debate LIDE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos