Bolsas

Câmbio

Programa de voluntariado da multinacional Sage já conseguiu engajar 90% dos funcionários no Brasil

Sage

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 21 de setembro de 2017 /PRNewswire/ -- Mais de 1.300 funcionários da Sage Brasil passaram a se dedicar a projetos sociais desde que a empresa implantou no país um modelo pioneiro de filantropia: a Sage Foundation. Em menos de dois anos, aproximadamente 90% dos cerca de 1.500 colaboradores foram envolvidos em algum tipo de atividade filantrópica, uma marca que já rendeu até mesmo um prêmio internacional à subsidiária brasileira da companhia britânica.

Presente em 23 países e líder mundial em software de gestão para pequenas e médias empresas, a Sage trouxe ao Brasil, em outubro de 2015, o modelo batizado de "2 + 2 + 2". A ideia é permitir que os funcionários dediquem cinco dias úteis por ano à prática de voluntariado, ou seja, 2% de seu tempo de trabalho. A própria Sage também colabora com 2% de seu caixa para o projeto e concede gratuitamente duas licenças de seus produtos às instituições beneficiadas. Portanto, "2 + 2 + 2" representam tempo, recursos e tecnologia por um futuro sustentável.

Incorporar projetos que funcionam em outros países nem sempre é sinônimo de sucesso, devido à cultura e aos costumes distintos de cada nacionalidade. Quando a Sage Foundation chegou ao Brasil, a empresa esperava que, assim como em outros países, a adesão ao programa avançasse rapidamente. Não foi o que aconteceu.

"No início, implantar o trabalho voluntário no Brasil foi um desafio. Muitos dos nossos colaboradores não estavam acostumados a realizar atividades de voluntariado e não se sentiam confortáveis em sair do trabalho para fazer qualquer ação fora dali " conta Jorge Santos Carneiro, Presidente da Sage Brasil e América Latina.

Fez-se necessário um trabalho de incentivo ao engajamento, com a participação direta de todos os líderes da companhia, tanto em campo como em ações internas. "Depois de perceberem como é gratificante poder ajudar o próximo, os colaboradores passaram a atuar nas entidades também durante fins de semana e envolveram suas famílias. Agora, posso afirmar que a prática de voluntariado se tornou um processo endêmico na Sage Brasil", ressalta Jorge.

Desde doação coletiva de sangue até aulas de administração de empresas para entidades carentes, passando por reformas em comunidades e ações com jovens e idosos nas áreas onde a empresa atua, a Sage Foundation já apoiou mais de 100 instituições e dedicou mais de 34 mil horas ao voluntariado.

A história de sucesso da instituição no Brasil foi contemplada com o prêmio internacional de negócios corporativos Stevie Awards nas categorias Prata e Bronze para Relações com a Comunidade, que será entregue no dia 21 de outubro de 2017, em Barcelona na Espanha.

Para mais informações à imprensa, entre em contato com a Jeffrey Group:

Patrícia Sperandio – pserandio@jeffreygroup.com – (11) 3185-0811

FONTE Sage

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos