Bolsas

Câmbio

Resultados do Bradesco no 3º Trimestre de 2017

Banco Bradesco S.A.

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 1 de novembro de 2017 /PRNewswire/ -- Apresentamos os principais números obtidos pelo Bradesco no período de nove meses de 2017, considerando a consolidação, a partir de primeiro de julho de 2016, das informações do HSBC Bank Brasil S.A. e suas controladas (HSBC Brasil):

1. O Lucro Líquido Ajustado no período de nove meses de 2017 foi de R$ 14,162 bilhões (aumento de 11,2% em relação ao Lucro Líquido Ajustado de R$ 12,736 bilhões do mesmo período de 2016), correspondendo a R$ 3,05 por ação e rentabilidade de 18,1% sobre o Patrimônio Líquido Médio Ajustado.

2. Quanto à origem, o Lucro Líquido Ajustado é composto por R$ 10,035 bilhões provenientes das atividades financeiras, correspondendo a 70,9% do total, e por R$ 4,127 bilhões gerados pelas atividades de seguros, previdência e capitalização, representando 29,1% do total.

3. Em 30 de setembro de 2017, o valor de mercado do Bradesco era de R$ 208,250 bilhões, apresentando evolução de 29,8% em relação a setembro de 2016.

4. Os Ativos Totais, em setembro de 2017, registraram saldo de R$ 1,312 trilhão, crescimento de 3,3% em relação ao saldo de setembro de 2016. O retorno sobre os Ativos Totais Médios foi de 1,5%.

5. A Carteira de Crédito Expandida, em setembro de 2017, atingiu R$ 486,864 bilhões, com queda de 6,7% em relação ao saldo de setembro de 2016. As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 172,207 bilhões (crescimento de 0,7% em relação a setembro de 2016), enquanto as operações com pessoas jurídicas atingiram R$ 314,657 bilhões (redução de 10,3% em relação a setembro de 2016).

6. Os Recursos Captados e Administrados somaram R$ 1,992 trilhão, um crescimento de 6,8% em relação a setembro de 2016.

7. O Patrimônio Líquido, em setembro de 2017, somou R$ 110,301 bilhões, 11,9% superior a setembro de 2016. O Índice de Basileia III, apurado com base no Conglomerado Prudencial, registrou 17,7%, sendo 13,4% de Capital Nível I.

8. Aos acionistas foram pagos e provisionados, a título de Juros sobre o Capital Próprio, R$ 4,597 bilhões relativos ao lucro gerado no período de nove meses de 2017, sendo R$ 2,054 bilhões pagos na forma de mensais e intermediários, e R$ 2,543 bilhões provisionados.

9. A Margem Financeira de Juros atingiu R$ 47,114 bilhões, no período de nove meses de 2017, apresentando crescimento de 1,7% em relação ao período de nove meses de 2016.

10. O Índice de Inadimplência superior a 90 dias encerrou setembro de 2017 em 4,8%, queda de 0,2 p.p. em comparação ao índice de junho de 2017.

11. O Índice de Eficiência Operacional (IEO), sem o efeito do impairment de ativos financeiros, em setembro de 2017, foi de 40,7% (38,2% em setembro de 2016), enquanto no conceito "ajustado ao risco" foi de 53,2% (49,9% em setembro de 2016).

12. Os Prêmios Emitidos de Seguros, Contribuição de Previdência e Receitas de Capitalização atingiram o montante de R$ 55,097 bilhões no período de nove meses de 2017, evolução de 9,8% em relação ao mesmo período de 2016. As Provisões Técnicas alcançaram R$ 239,287 bilhões, apresentando uma evolução de 12,0% em relação ao saldo de setembro de 2016.

13. Os investimentos em infraestrutura, informática e telecomunicações somaram R$ 4,215 bilhões no período de nove meses de 2017.

14. Os impostos e contribuições, inclusive previdenciárias, pagos ou provisionados, somaram, no período de nove meses de 2017, R$ 26,496 bilhões, sendo R$ 10,942 bilhões relativos aos tributos retidos e recolhidos de terceiros e R$ 15,554 bilhões, apurados com base nas atividades desenvolvidas pela Organização Bradesco, equivalentes a 109,8% do Lucro Líquido Ajustado.

15. O Bradesco disponibiliza aos seus clientes uma extensa Rede de Atendimento no País, destacando-se 4.845 Agências e 3.908 Postos de Atendimento – PAs. Também estão disponíveis aos clientes Bradesco: 980 Postos de Atendimento Eletrônico – PAEs, 39.062 Pontos Bradesco Expresso, 35.854 máquinas da Rede Bradesco e 21.006 máquinas da Rede Banco24Horas.

16. Em julho de 2017, o Bradesco lançou um Plano de Desligamento Voluntário Especial (PDVE), ao qual puderam aderir os funcionários da Organização que preencheram os requisitos estabelecidos no regulamento do respectivo plano. A data limite para adesão ao plano encerrou-se ao final de agosto de 2017, com a adesão de 7,4 mil funcionários, com custo total de R$ 2,3 bilhões. O efeito anual estimado nas despesas de pessoal é uma redução de R$ 1,5 bilhão.

17. A remuneração do quadro de funcionários, somada aos encargos e benefícios totalizou, no período de nove meses de 2017, R$ 12,700 bilhões. Os benefícios proporcionados aos funcionários da Organização Bradesco e seus dependentes somaram R$ 3,480 bilhões, e os investimentos em programas de formação, treinamento e desenvolvimento totalizaram R$ 127,693 milhões.

18. Principais Prêmios e Reconhecimentos recebidos no período:

- Vencedor do prêmio "Empresas Mais", na categoria "Bancos" (Jornal O Estado de S. Paulo, em parceria com a Fundação Instituto de Administração – FIA e Austin Rating);

- Foi vencedor no guia "As Melhores da Dinheiro 2017", na categoria "Governança Corporativa". A Bradesco Vida e Previdência ganhou como melhor empresa no setor e também como destaque nas categorias "Sustentabilidade Financeira" e "Inovação e Qualidade" (Revista IstoÉ Dinheiro);

- Foi destaque no "Tech Projects of the Year Awards 2017", sendo vencedor na categoria "Cyber Security", com o case "Using Big Data Technology to Prevent Attacks Against ATM", que mostra a utilização de Big Data para identificar, em tempo real, possíveis ataques às máquinas de autoatendimento (Revista The Banker);

- Foi destaque da edição de 2017 do prêmio "Conarec – Congresso Nacional das Relações Empresa-Cliente", na categoria "Bancos". O Grupo Bradesco Seguros conquistou o prêmio nas categorias "Seguros", "Saúde", "Previdência" e "Capitalização";

- Figurou na lista das "150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil" (Revista Época, com a avaliação da consultoria Great Place To Work);

- O Bradesco BBI conquistou a tríplice coroa e tornou-se o único banco brasileiro a ganhar três prêmios internacionais máximos do setor, em dois anos consecutivos, sendo eles: "The Most Innovative Investment Bank in Latin America", pela Revista The Banker; e "The Best Investment Bank Brazil", pela Global Finance e Euromoney;

- O Grupo Bradesco Seguros, pelo oitavo ano consecutivo, figurou no anuário "Melhores & Maiores", sendo destaque no setor de seguros, com a "Bradesco Saúde", "Bradesco Vida e Previdência" e "Bradesco Auto/RE" (Revista Exame); e

- A Bradesco Seguros, integrou o anuário "Valor 1000", liderando o setor de seguros no Brasil. A "Bradesco Seguros" e a "Bradesco Saúde", ficaram na primeira colocação nas categorias "Seguros Gerais" (engloba ramo Auto) e "Seguro Saúde", respectivamente (Jornal Valor Econômico).

A Organização Bradesco é comprometida com o desenvolvimento socioeconômico do País. As diretrizes e estratégias de negócios são orientadas de modo a promover a incorporação das melhores práticas de sustentabilidade, considerando o contexto e as potencialidades de cada região, contribuindo para a geração de valor compartilhado no longo prazo. Para reforçar esse posicionamento, destacamos a adesão às iniciativas empresariais reconhecidas mundialmente, tais como: Pacto Global, Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, Princípios do Equador, CDP (Carbon Disclosure Program), Princípios para o Investimento Responsável (PRI), Programa GHG Protocol (Programa Brasileiro de Emissões de Gases de Efeito Estufa) e Empresas pelo Clima (EPC). As deliberações sobre sustentabilidade são acompanhadas pelo Conselho de Administração, por meio do Comitê de Sustentabilidade. A excelência na gestão dos negócios é reconhecida pelos principais índices de Sustentabilidade, como o Dow Jones Sustainability Indices (DJSI) – "World e Emerging Markets", da Bolsa de Valores de Nova York, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e o Índice Carbono Eficiente (ICO2), ambos da B3.

Destacamos a Fundação Bradesco, que desenvolve há 60 anos um amplo programa socioeducacional, mantendo 40 Escolas próprias no Brasil. Em 2017, um orçamento previsto de R$ 625,944 milhões irá beneficiar um número estimado de 104,2 mil alunos em suas Escolas, na Educação Básica (da Educação Infantil ao Ensino Médio e Educação Profissional Técnica de Nível Médio), Educação de Jovens e Adultos e na Formação Inicial e Continuada voltada à geração de emprego e renda. Aos mais de 43 mil alunos da Educação Básica, também, são assegurados, além do ensino formal, gratuito e de qualidade, uniformes, material escolar, alimentação e assistência médico-odontológica. A previsão é beneficiar, também, na modalidade de educação a distância (EaD), por meio do seu portal e-learning "Escola Virtual", 630 mil alunos que concluirão ao menos um dos mais de 90 cursos oferecidos em sua programação, além de outros 15.040 alunos que serão beneficiados em projetos e ações em parceria, como o Programa Educa+Ação e em cursos de Tecnologia.

 

As Demonstrações Contábeis completas estão disponíveis no Site de Relações com Investidores - bradesco.com.br/ri .

CONTATO:



Área de Relações com Investidores

Tel.: 11-2194-0922

e-mail: investidores@bradesco.com.br

FONTE Banco Bradesco S.A.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos