Bolsas

Câmbio

Huawei cria sistema nervoso de cidade inteligente para mais de 100 cidades com Liderando Nova TIC

Huawei

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

BARCELONA, Espanha, 15 de novembro de 2017 /PRNewswire/ -- A Huawei está participando do Smart City Expo World Congress 2017 (SCEWC) em Barcelona, que tem como tema: "Liderando Nova TIC, Criando um Sistema Nervoso de Cidade Inteligente", destacando como uma cidade inteligente pode ser um organismo vivo que trabalha perfeitamente para aprender continuamente e aprimorar os serviços da cidade. Junto com seus parceiros globais, a Huawei está demonstrando soluções TIC em conjunto para conectar os mundos físico e digital em administração municipal, serviços públicos e economias industriais. Usando nova TIC, incluindo computação em nuvem, Big Data, Internet das Coisas (IoC) e Inteligência Artificial (IA), essas soluções motivam uma coordenação unificada, colaboração entre setores e análises inteligentes para a gestão eficaz de serviços municipais.

Junto com a SCEWC, a Huawei sedeou o Global Smart City Summit, onde representantes da União Europeia, as organizações de padrões internacionais, consultorias mundialmente renomadas, instituições de pesquisa relevantes e Cidades Inteligentes de ponta compartilharam seus insights e experiências em impulsionar o desenvolvimento de Cidades Inteligentes com mais de 400 administradores de cidades de todo o mundo.

Huawei cria um sistema nervoso de cidade inteligente para tornar a cidade como um corpo orgânico vivo

Tornar-se uma Cidade Inteligente envolve a transformação digital de uma cidade para tratar desafios no mundo físico. Isso demanda sistemas movidos por dados que mesclam gestão e dados da IoC para ajudar as autoridades a administrar a cidade e permitir que mundos físico e digital sejam integrados. O desenvolvimento de Cidades Inteligentes requer uma mudança fundamental à administração municipal e, para que esse desenvolvimento floresça, ele precisa ser uma prioridade para o governo. Além disso, deve haver uma equipe de projetos de Cidades Inteligentes sólida e capaz, um investimento de longo prazo e estável, e os líderes municipais precisam fazer uma parceria com uma operadora digital de ponta que pode facilitar a transformação.

Yan Lida, presidente da Huawei Enterprise Business Group, declarou: "Uma Cidade Inteligente é como um organismo vivo, que é alimentado por um sistema nervoso. O sistema nervoso de Cidade Inteligente compreende um "cérebro" [a central de controle] e os "nervos periféricos" [a rede e os sensores], compartilhando informações em tempo real sobre o status da cidade, transmitindo os dados, possibilitando ao "cérebro" analisar e tomar decisões informadas, transmitindo comandos de feedback e, por fim, levando a cabo ações inteligentes. Isso cria um link perfeito entre os mundos físico e digital. Alavancando a liderança da novo TIC como a computação em nuvem, IoC e IA, a Huawei está comprometida em criar um sólido sistema nervoso que alimenta as Cidades Inteligentes. Com nossas inovações e investimento em várias tecnologias, desenvolvemos uma plataforma aberta para Cidades Inteligentes, que é compatível com vários dispositivos e comporta uma ampla gama de aplicações. Nós temos como objetivo ser o solo rico que comporta o desenvolvimento robusto e sustentável de Cidades Inteligentes. A Huawei é uma das poucas provedoras de soluções TIC no setor que pode oferecer soluções em nuvem-canal-dispositivo de ponta a ponta, liderando o caminho para conectar os mundos físico e digital. Nós continuaremos a trabalhar juntos com nosso ecossistema de parceiros para criar designs em nível superior para tratar das necessidades dos administradores municipais e atingir as metas supremas de uma Cidade Inteligente -- permitir a boa governança, promover o desenvolvimento do setor e entregar benefícios para as pessoas."

Huawei libera Central de Operações Inteligentes para o Público Global

Durante o Global Smart City Summit, a Huawei lançou a Central de Operações Inteligentes (IOC, Intelligent Operation Center), uma solução que funciona como o "cérebro" da Cidade Inteligente, conectando os mundos digital e físico.

A infraestrutura subjacente da IOC compreende centrais de dados em nuvem distribuídos e redes de cidades ubíquas que coletam, integram e compartilham informações da cidade, permitindo a visibilidade em tempo real da cidade. A IOC usa uma Plataforma de Comunicações Integrada (ICP, Integrated Communications Platform) que permite uma colaboração inteligente entre as funções da cidade e despacho emergencial de todos os serviços. Ao usar tecnologias Big Data, aprendizagem por máquina e IA, a IOC transmite valiosos insights para facilitar o planejamento municipal e a administração dos serviços vitais, como transporte e segurança.

A Huawei também proporciona banda larga com fio e sem fio, plataforma de IoC, e LiteOS -- um sistema operacional seguro, leve e inteligente, que serve como sistema nervoso periférico, coletando dados para auxiliar o cérebro na tomada de decisões, o que ocasiona mudanças no mundo físico.

A evolução das Cidades Inteligentes requer a interconexão E2E e um parceiro digital de ponta que possa oferecer suporte completo

Com 13 OpenLabs ao redor do mundo, a Huawei e seus parceiros realizam uma inovação em conjunto para edificar ecossistemas sustentáveis e impulsionar soluções localizadas para Cidades Inteligentes. Os OpenLabs oferecem uma plataforma de infraestrutura TIC em local único de ponta a ponta que possa testar e verificar suas soluções de Cidades Inteligentes em ambiente de rede real, alavancar a pesquisa, marketing e entrega de soluções, bem como experimentar as melhores práticas e soluções para as Cidades Inteligentes. A Huawei está comprometida a construir plataformas inovadoras para parceiros a fim de que evoluam constantemente suas tecnologias e a empresa invista continuamente no desenvolvimento de um ecossistema próspero.

Com suas capacidades TIC completas e ecossistema robusto, a Huawei pode proporcionar um suporte TIC completo aos administradores municipais. Atualmente, as soluções de Cidade Inteligente da Huawei estão atendendo a mais de 120 cidades em mais de 40 países ao redor do mundo. Somente a China, a Huawei participou do desenvolvimento dos critérios de avaliação de 26 Cidades Inteligentes, levando ao desenvolvimento de 9 delas.

A Huawei está demonstrando soluções abrangentes para Cidades Inteligentes junto com a SAP, Honeywell, Hexagon, Chinasoft International, Esri, RuiCheng Technology e outros parceiros do setor na SCEWC, incluindo os seguintes:

A Huawei alavanca sua plataforma de IoC, sistema operacional LiteOS e tecnologias avançadas como Narrowband IoT (NB-IoT), eLTE-IoT e IA para edificar sistemas de sensoriamento ubíquos. Aplicações inteligentes, tais como latas de lixo inteligentes, iluminação inteligente para as ruas, irrigação inteligente, construção inteligente, medição inteligente, saúde pública inteligente, aprimoram a eficiência da administração municipal, segurança pública e do meio de vida das pessoas. A administração municipal colaborativa e visualizada e uma resposta emergencial aprimorada e uma eficiência de tomada de decisões são atingidas com o apoio de uma IOC, que compreende uma central de dados em nuvem, uma plataforma de apoio de serviços Big Data e uma plataforma de habilitação de aplicativos.



A tecnologia em nuvem da Huawei apoia o desenvolvimento de serviços inovadores para governos e serviços inovadores públicos para residentes. Os serviços incluem, mas não se limitam ao governo inteligente, saúde inteligente, educação inteligente, eletricidade inteligente e transporte inteligente, aumentando a satisfação do público.



A Huawei lançou a Solução de Campus Inteligente para impulsionar a evolução e o desenvolvimento industrial, promovendo a integração da digitalização e inteligência. Em Dunhuang na China, a central de dados da Huawei, a plataforma Big Data e a tecnologia de IoC aprimoraram uma qualidade de serviço de turismo Estrada de Seda (Silk Road) e serviços públicos inteligentes. Em 2016, o número anual de turistas aumentou para 8 milhões, um crescimento de 32% comparado a 2015. Pontos turísticos são agora capazes de abrigar 40% mais turistas com 20% menos pessoal de serviço. CONTACT:

Li Qiwei (Kiwi)

Tel: +86-755-28780808

E-mail: liqiwei2@huawei.com

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/604716/Huawei_Enterprise_BG_President_Yan_Lida.jpg

FONTE Huawei

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos