Bolsas

Câmbio

Escritório de Propriedade Intelectual de Cingapura vai aprovar pedido de patente da tecnologia CRISPR da Merck

Merck

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

DARMSTADT, Alemanha, 19 de dezembro de 2017 /PRNewswire/ -- A  Merck , empresa líder em ciência e tecnologia, anunciou hoje que o Escritório de Propriedade Intelectual de Cingapura emitiu uma "Notificação de Intenção de Conceder" para o pedido de registro de patente da Merck que protege a tecnologia CRISPR da empresa, utilizada em um método de integração genômica de células eucarióticas.

Foto - http://mma.prnewswire.com/media/620848/Merck.jpg

"A notificação de Cingapura de concessão de patente para a tecnologia de integração CRISPR da Merck fortalece ainda mais nosso portfólio de propriedade intelectual", disse Udit Batra, membro do comitê executivo da Merck e CEO da divisão de Ciências da Vida. "Esperamos receber aprovações adicionais para pedidos semelhantes de patentes em muitos outros países à medida que colaborarmos com a comunidade científica global para descobrir novos tratamentos para doenças."

A Merck está agora licenciando essas concessões de patentes de integração fundamentais para aplicações que incluem pesquisa científica básica, biotecnologia agrícola e uso terapêutico.

Essa próxima e fundamental patente em Cingapura, intitulada "MODIFICAÇÃO E REGULAÇÃO DE GENOMA BASEADO NA CRISPR" cobre a integração cromossômica ou o corte da sequência cromossômica das células eucarióticas (tais como células de mamíferos e plantas) e a inserção de uma sequência de DNA externa ou de doador nas células com o uso da CRISPR. Os cientistas podem substituir uma mutação associada à doença por uma sequência benéfica ou funcional, um método importante para criar modelos de doença e terapia genética. Além disso, o método também pode ser utilizado para inserir transgenes que classificam proteínas endógenas para rastreamento visual dentro das células.

A tecnologia CRISPR de edição de genoma, que possibilita a modificação precisa de cromossomos em células vivas, está promovendo opções de tratamento para alguns dos problemas de saúde mais complexos enfrentados hoje. As aplicações da CRISPR têm amplo alcance e vão desde a identificação de genes associados ao câncer e doenças raras até a reversão de mutações que causam cegueira.

Depois de emitida, a patente de Cingapura estenderá a proteção da tecnologia de integração CRISPR da Merck em Cingapura, fortalecendo ainda mais o portfólio de patentes da empresa. A Merck também pediu registro de patente do seu método CRISPR de inserção nos EUA, Brasil, China, Índia, Israel, Japão e Coreia do Sul. Em junho de 2017, a Merck recebeu sua primeira patente para a CRISPR pelo órgão de registro de patentes australiano. Esse deferimento foi seguido pelo deferimento de patentes relacionadas pelos órgãos de registros de patentes europeus e canadenses.

Com um histórico de 12 anos no campo da edição de genoma, a Merck foi a primeira empresa a oferecer biomoléculas personalizadas para a edição de genoma globalmente (íntrons do grupo II guiados de RNA TargeTron™ e nucleases de dedo de zinco CompoZr™), promovendo a adoção dessas técnicas por pesquisadores de todo o mundo. A Merck foi também a primeira empresa a fabricar um arranjo de bibliotecas da CRISPR cobrindo o genoma humano completo, acelerando as curas de doenças por possibilitar aos cientistas explorar mais aspectos relacionados às causas raízes.

A Merck reconhece as possíveis vantagens de realizar pesquisas apropriadamente definidas com edição de genoma devido ao seu potencial terapêutico revolucionário. Portanto, a Merck apoia a pesquisa da edição do genoma que seja realizada levando-se em consideração os padrões éticos e jurídicos de forma meticulosa. A empresa criou um Painel Consultivo Bioético para orientar as pesquisas das quais a empresa participar, inclusive pesquisas sobre edição de genoma ou sobre sua utilização.

Todos os comunicados à imprensa da Merck são distribuídos por e-mail ao mesmo tempo em que são disponibilizados no website da Merck. Visite www.merckgroup.com/subscribe para se registrar online, mudar suas opções ou suspender esse serviço.

Sobre a Merck

A Merck é uma empresa líder em ciência e tecnologia nas áreas de saúde, ciência da vida e materiais de alto desempenho. Cerca de 50.000 funcionários trabalham para desenvolver tecnologias que melhoram e estendem a vida, desde terapias biofarmacêuticas para tratamento do câncer ou esclerose múltipla, sistemas avançados para pesquisa e produção científica, a cristais líquidos para smartphones e televisões LCD. Em 2016, a Merck gerou vendas de € 15  bilhões em 66 países.

Fundada em 1668, a Merck é a empresa farmacêutica e química mais antiga do mundo. A família fundadora mantém uma participação majoritária no grupo corporativo de capital aberto. A Merck detém os direitos globais do nome e da marca "Merck". As únicas exceções estão nos Estados Unidos e Canadá, onde a empresa opera como EMD Serono, MilliporeSigma e EMD Performance Materials.

 

FONTE Merck

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos