Bolsas

Câmbio

Primeira implante clínico da válvula VenusP - válvula pulmonar transcateter foi concluída com sucesso no Brasil

Venus Medtech (Hangzhou) Inc.

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 22 de dezembro de 2017 /PRNewswire/ -- No dia 19 de dezembro de 2017, hora local, 4 implantes clínicos de válvulas pulmonares transcateter VenusP foram concluídas com sucesso no Brasil pelo professor Carlos Pedra do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia em São Paulo, Brasil.

Depois do Chile e da Argentina, o Brasil se torna o terceiro país latino-americano a aplicar a válvula da Venus Medtech (Hangzhou) Inc. Também marca a primeira aplicação de válvulas cardíacas feitas na China na história brasileira.

Atualmente, em cada 10.000 recém-nascidos do mundo, há 16 que precisarão de cirurgia devido a defeitos cardíacos congênitos. Esse tipo de cirurgia pode causar regurgitação pulmonar grave. Atualmente, os produtos de válvulas pulmonares intervencionistas no mercado global só podem tratar pacientes com estrutura anatômica especial e doença leve. Como resultado, um grande número de pacientes com estrutura anatômica complexa e insuficiência cardíaca direita necessitam urgentemente de um produto de válvula pulmonar intervencionista que possa tratar diferentes estruturas anatômicas e ser operado com facilidade, segurança e estabilidade.

Venus Medtech (Hangzhou) Inc. desenvolveu e fabrica uma válvula pulmonar transcateter VenusP-Valve, a primeira válvula pulmonar intervencionista auto-expansível do mundo. Com exclusivo design em forma de trompete duplo e tecnologia de corte a laser para stent, a VenusP-Valve é dotada de força de suporte radial, ancoragem estável e fácil liberação. Nenhum movimento ou deslocamento vai ocorrer durante o processo de liberação. Ela pode atender às necessidades das artérias pulmonares com diferentes estruturas anatômicas e recursos que a tornam a única válvula pulmonar intervencionista no mundo que pode tratar pacientes com uma grande via de saída ventricular direita.

Após o primeiro implante humano bem sucedido pelo acadêmico Ge Junbo no Hospital Zhongshan, Xangai, em 25 de maio de 2013, a VenusP-Valve foi exportada para mais de 20 países na Ásia, Europa e América. No presente, os testes clínicos do Food and Drug Administration (CFDA) chinês foram concluídos; o processo de testes clínicos do CE europeu já cumpriu mais da metade do período; a comunicação com o Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos foi concluída, com o início dos testes clínicos antes do lançamento nos EUA. Espera-se que a VenusP-Valve, com resultados clínicos superiores, possa ser aprovada o mais cedo possível para oferecer um tratamento ótimo para mais pacientes.

Foto - http://mma.prnewswire.com/media/622663/Venus_Medtech.jpg

FONTE Venus Medtech (Hangzhou) Inc.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos