ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

ASECNA vai implementar o sistema ADS-B baseado no espaço na África Ocidental e Central

Aireon

09/01/2018 10h00

MCLEAN, Virgínia, 9 de janeiro de 2018 /PRNewswire/ -- A Aireon anunciou hoje que assinou um acordo de serviços de dados com a Agência para a Segurança da Navegação Aérea na África e Madagascar (ASECNA) . A ASECNA, criada em dezembro de 1959 é uma organização pública internacional com 18 estados membros, cuja sede é localizada em Dakar (SENEGAL).

Logo - http://mma.prnewswire.com/media/625806/Aireon_Logo.jpg

Os estados membros da ASECNA são Benin, Burkina Faso, Camarões, República Centro-Africana, Comores, Congo, Costa do Marfim, Gabão, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, França, Madagascar, Mali, Mauritânia, Níger, Senegal, Chade e Togo.

A ASECNA é uma das maiores Provedoras de Serviços de Navegação Aérea (ANSPs -- Air Navigation Service Providers), cobrindo 16,1 milhões de quilômetros quadrado de espaço aéreo, através de seis Regiões de Informação de Voo (FIRs -- Flight Information Regions) -- Antananarivo, Brazzaville, Dakar Oceânicas, Dakar Terrestres, Niamey e N'Djamena.

A ASECNA é responsável pelos serviços de tráfego aéreo em uma parte significativa do continente africano, administrando rotas de viagens frequentes entre a Europa, Leste Africano, Sul da África e América do Sul. Com dados da AireonSM, a partir de 2019 a ASECNA poderá introduzir uma camada contínua de vigilância, aumentando a atual infraestrutura e completando a cobertura de todo seu espaço aéreo. Isso irá melhorar significativamente a disponibilidade de serviços para as companhias aéreas e aumentar a segurança e a eficiência no espaço aéreo africano.

"A vastidão de massa de terra de reponsabilidade da ASECNA apresenta um imenso desafio de vigilância, especialmente porque nem sempre é possível instalar e manter infraestrutura terrestre", disse o diretor geral da ASECNA, Mohamed MOUSSA. "Com o sistema ADS-B baseado no espaço da Aireon, estamos olhando para o futuro, aumentando nossa capacidade e fornecendo vigilância completa do tráfego aéreo às companhias aéreas. Isso não vai apenas fornecer um nível muito mais alto de disponibilidade de serviços, mas também irá aumentar significativamente a segurança, porque os controladores poderão ver todas a aeronaves em tempo real, em todo o espaço aéreo coberto pela ASECNA. A segurança sempre será nossa prioridade máxima e estamos ansiosos para operar a vigilância em tempo real nessa parte do continente africano".

"O acordo com a ASECNA é um grande passo em direção à segurança e à eficiência na África Ocidental e Central, permitindo a 17 estados africanos dar um grande passo para cumprir alguns dos principais objetivos do Plano Global de Navegação Aérea da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI)", disse o CEO da Aireon, Don Thoma. "A segurança tem sido há muito tempo uma prioridade máxima na região e nós estamos orgulhosos por poder trabalhar com organizações importantes como a ASECNA. Pela primeira vez, mais da metade do espaço aéreo africano ficará sob vigilância do tráfego aéreo em tempo real".

A ASECNA se junta a outras ANSPs africanas na implementação do ADS-B baseado no espaço. Os Serviços de Tráfego e Navegação Aérea (ATNS -- Air Traffic and Navigation Services) da África do Sul e o Departamento de Aviação Civil de Seicheles (SCAA -- Seychelles Civil Aviation Authority) também assinaram acordos nos últimos 18 meses.

Para mais informações sobre a Aireon, visite Aireon.com.

Para mais informações sobre a ASECNA, visite ASECNA.Aero.

Sobre a Aireon LLC

A Aireon está implementando um sistema global de Transmissão de Vigilância Dependente Automática (ADS-B -- Automatic Dependent Surveillance-Broadcast), capaz de fazer a vigilância e rastrear aeronaves equipadas com o ADS-B em todo o mundo, em tempo real. O sistema será usado para fornecer cobertura de ADS-B que irá se estender sobre as regiões oceânicas, polares e remotas, onde os atuais sistemas de vigilância são limitados à linha de mira e a áreas densamente populosas. A Aireon irá utilizar os avanços do ADS-B já em andamento e estendê-los globalmente, a fim de melhorar significativamente a eficiência, expandir a segurança, reduzir emissões e garantir economias de custo às partes interessadas da aviação. Em parceria com as principais ANSPs de todo o mundo, a NAV CANADA, a ENAV, o Departamento de Aviação da Irlanda (IAA -- Irish Aviation Authority) e a Naviair, bem como a Iridium Communications, a Aireon está desenvolvendo um sistema operacional global de vigilância de tráfego aéreo baseado no espaço, que deverá estar disponível em 2018. Para mais informações sobre a Aireon, visite www.aireon.com .

CONTATO:

Jessie Hillenbrand

Aireon

+1 (703) 287-7452

Jessie.Hillenbrand@Aireon.com

FONTE Aireon

Mais Economia