Bolsas

Câmbio

A língua já não é mais uma barreira para a pesquisa: Revistas de acesso aberto interrompem domínio do inglês em literatura científica

OMICS International

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

LONDRES e CINGAPURA, 31 de janeiro de 2018 /PRNewswire/ -- O Dr.  Srinubabu Gedela , CEO da OMICS International mencionou que  a publicação científica de acesso aberto  está removendo as barreiras da língua. A pesquisa científica publicada em revistas de acesso aberto pode ser traduzida para várias línguas sem leis de direitos autorais. Se o conteúdo científico for traduzido a várias línguas a várias línguas regionais e globais, então o resultado da pesquisa científica atingirá os pobres do mundo. Vale salientar que alguns governos estão dando importância à tradução de conteúdo cientifico a seus idiomas regionais.

O conteúdo científico gratuito é essencial à sociedade, habilitando o crescimento econômico, a herança e a cultura. A literatura livre remove o domínio e erradica o desequilíbrio entre pobres e ricos. "A indústria de publicação de acesso aberto ainda está trabalhando na improvisação para atingir até os cantos mais remotos do globo com informações científicas gratuitas, acessíveis e de boa relação custo-benefício", acrescentou o Dr. Gedela.

Comentando sobre os recentes desenvolvimentos das notícias falsas e dos blogs falsos, o Dr. Srinubabu Gedela mencionou: "Notícias falsas e alguns blogs falsos estão afetando a reputação das revistas de acesso aberto, pois são criadas por criminosos. Esses bloggers falsos estão fechando os blogs após conseguirem o dinheiro requerido de publicadoras de acesso pago ou indo trabalhar para seu lucro pessoal. Poucos pagam acesso às publicadoras que vendem conteúdo científico para a comunidade científica e gerenciam a máfia acadêmica com apoio de agências de negócios. No entanto, a tendência está mudando, os cientistas estão prestando suporte ao acesso aberto e dando preferência à publicação em revistas de acesso aberto.

Atualmente, as principais revistas de acesso aberto têm tido bom ímpeto. "É um bom sinal", acrescentou o Dr. Gedela. O apoio de sociedades de eruditos, incluindo as sociedades acadêmicas, órgãos do governo e todos os outros membros da comunidade científica está vindo em grande quantidade após perceberem o impacto de grande alcance da publicação digital de acesso aberto.

A OMICS International com seus mais de 3.000 funcionários é pioneira na disseminação de informações científicas sobre cuidados com a saúde e está comemorando a vitória das publicações de acesso aberto. Com a ajuda de mais de 50.000 cientistas bem qualificados como membros do conselho editorial, a OMICS International foi capaz de crescer de 10 revistas em 2009 para mais de 1.000 revistas revisadas por pares em 2017, com um aumento na base de leitores na ordem de 50 milhões. O OMICS Group também está realizando mais de 3.000 encontros médicos e científicos em conjunto com parceiros internacionais.

Contato:  contact.omics@omicsonline.org  ; 650-268-9744

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/431540/OMICS_International_Logo.jpg

 

FONTE OMICS International

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos