Bolsas

Câmbio

Cesar Asfor Rocha organizou Judiciário, no CNJ

Cesar Asfor Rocha

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

BRASÍLIA, Brasil, 6 de fevereiro de 2018 /PRNewswire/ -- O ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça, Cesar Asfor Rocha, sempre teve obsessão por organização. Ao assumir diferentes postos no Conselho Nacional de Justiça, entre conselheiro, corregedor nacional e presidente da Comissão de Informática, Modernização e Projetos Especiais, o jurista deu início a um exaustivo trabalho de, praticamente, "arrumar a casa" do Judiciário nacional.

No CNJ, Cesar Asfor Rocha criou o Justiça Aberta, um banco de dados na internet, com atualizações diárias, com informações sobre a produtividade da justiça. A iniciativa foi louvada como um marco da transparência. Por meio do programa, era possível acompanhar a produção de juízes de primeira instância estadual em todo o país.

Uma das prioridades de Cesar Asfor Rocha foi realizar um diagnóstico preciso que mostrasse a realidade do Poder Judiciário. O ministro promoveu levantamentos para descobrir quantos processos havia em andamento no país, quantos cartórios extrajudiciais existiam e se os juízes moravam nas comarcas em que trabalhavam. Por incrível que pareça, não havia esse tipo de informação disponível na época.

"São dados gerenciais importantes, mas que ninguém nunca tinha ido atrás", afirma Cesar Asfor Rocha. Com o diagnóstico descobriu-se, por exemplo, que havia 13.416 cartórios de notas e registros em funcionamento no país. Em maio de 2008, já era possível consultar o número de processos em tramitação, decisões, audiências e recursos enviados aos tribunais de Justiça.

Pela primeira vez, criaram-se as ferramentas para que o Judiciário brasileiro conhecesse a si mesmo e, a partir disso, pudessem ser traçados planos para melhorar a eficiência do sistema. "O número de juízes não é o suficiente e faltam recursos para atender a demanda", diz Cesar Asfor Rocha. "Então a melhor saída para melhorar a prestação de serviços é aperfeiçoar a gestão", conclui.

Contato:

Standard Comunicação

Contato: (21) 9.7263.6617

FONTE Cesar Asfor Rocha

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos