Bolsas

Câmbio

Índice Global de Finanças Verdes lançado hoje: Europa Central supera em desempenho outras regiões

Finance Watch

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

BRUXELAS, 14 de março de 2018 /PRNewswire/ -- O novo Índice Global de Finanças Verdes (GGFI -- Global Green Finance Index) foi lançado hoje pela Z/Yen e pela Finance Watch em um evento em Bruxelas. O GGFI classifica os centros financeiros do mundo de acordo com as percepções da qualidade e profundidade de suas ofertas de finanças verdes (green finance).

Nessa edição inaugural (GGFI 1), os centros financeiros na Europa Ocidental superaram em desempenho os de outras regiões. O relatório completo pode ser baixado aqui .

As conclusões do relatório incluem:

Os principais centros financeiros verdes em cada região são Londres, São Francisco, Xangai e Shenzhen, Joanesburgo e Cidade do Cabo, Cidade do México e Moscou. Paris, Frankfurt e Nova York lideram os centros mais citados como os que, provavelmente, se tornarão mais significativos nos próximos dois ou três anos. Os centros financeiros que mostraram liderança em política de finanças verdes devem ganhar mais importância, com Paris no topo dessa lista. Em alguns países, centros menores com um forte foco verde, tais como São Francisco e Hamburgo, superaram em desempenho centros maiores como Nova York e Frankfurt. Os rankings estão sujeitos a mudar em futuras edições, porque eles se baseiam em pontuações firmemente agregadas, em um intervalo de 322 a 437 pontos em 1.000. O nível de pontuações sugere que as finanças verdes podem crescer substancialmente em tamanho e qualidade. Medidas de política de apoio e demanda de investidores são vistas como os principais propulsores das finanças verdes. Investimento em Energia Renovável, Títulos Verdes e Finanças de Infraestrutura Sustentável foram classificados como áreas de alto impacto em sustentabilidade e de alto interesse para os entrevistados. O desinvestimento de combustíveis fósseis foi classificado como de alto impacto em sustentabilidade, mas de baixo interesse para os entrevistados, sugerindo espaço para mudança de política. Cinco principais centros para 

finanças verdes -- penetração   

Londres

Luxemburgo

Copenhague

Amsterdã

Paris

Cinco principais centros para 

finanças verdes -- qualidade

Londres

Amsterdã

Bruxelas

Hamburgo

Paris

Dr. Simon Zadek, codiretor da Inquirição Ambiental da ONU para o Projeto de um Sistema Financeiro Sustentável, professor visitante e membro sênior de DSM para Parcerias e Sustentabilidade da Universidade de Administração de Cingapura, disse:

"As classificações e índices são instrumentos importantes para viabilizar uma comunicação efetiva de progresso relativo e absoluto, bem como para encorajar uma corrida para o topo e um debate saudável do que constitui sucesso e como ele pode ser mais bem medido. Nesse espírito, a Finance Watch e a Z/Yen nos têm levado a todos para um patamar mais alto, ao nos fornecer o primeiro índice aplicável globalmente dos desenvolvimentos para tornar verdes os centros financeiros do mundo".

Michael Mainelli, presidente-executivo da Z/Yen, disse:

"A essência do GGFI é uma pesquisa de percepção que observa e promove mudanças onde elas mais importam: nas mentes das pessoas. Quanto mais conseguirmos fazer as pessoas falarem sobre uma transição sustentável, mais rapidamente ela irá acontecer. O alto nível de interesse no GGFI 1 é um passo nessa direção".

Benoît Lallemand, secretário geral da Finance Watch, disse:

"O GGFI objetiva contribuir para a definição das finanças verdes e identificar melhores práticas e áreas para aperfeiçoamento. Esperamos que isso irá promover iniciativas corajosas de política e financiamentos de alta qualidade, que possam atravessar o greenwash. É urgente que as finanças sustentáveis se tornem predominantes em todos os centros financeiros".

André Hoffman, presidente da MAVA Fondation pour la Nature, disse:

"Estamos particularmente satisfeitos pelo fato de que centros menores e mais especializados, tais como Hamburgo e São Francisco, e centros financeiros com uma forte estrutura de política sobre finanças verdes, tais como Paris, Luxemburgo e os centros chineses, se posicionaram bem nesse primeiro índice. Esperamos que mais centros irão segui-los para onde eles estão nos levando".

NOTAS

O GGFI é uma iniciativa sem fins lucrativos, produzido pela Finance Watch e pela Z/Yen, com apoio da MAVA Fondation pour la Nature.

O GGFI será atualizado semestralmente, com base em uma pesquisa realizada continuamente em http://survey.greenfinanceindex.net/ .

O GGFI 1 foi lançado no Hotel Leopold, Rue de Luxembourg, Bruxelas, às 12h (CET), em 14 de março de 2018.

Mais informações em  http://www.greenfinanceindex.net .

Para obter mais informações ou entrevistar alguém da equipe, contate:

Mike Wardle, Z/Yen

Email: mike_wardle@zyen.com

Tel: +44(0)20-7562-9562

Greg Ford, Finance Watch

Email: greg.ford.ext@finance-watch.org

Tel: +44(0)7703-219-222

 

FONTE Finance Watch

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos