Bolsas

Câmbio

Novo tratamento da Janssen para psoríase é aprovado no Brasil

Janssen

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 28 de março de 2018 /PRNewswire/ -- A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um medicamento inédito para psoríase, doença imunológica que atinge cerca de 5 milhões de brasileiros. Guselcumabe é o primeiro biológico que atua especificamente na proteína interleucina (IL) 23 – um dos principais mediadores inflamatórios da doença. Desenvolvida pela Janssen, empresa farmacêutica da Johnson & Johnson, a terapia demonstrou potencial de proporcionar, já a partir das primeiras duas doses, o controle do tipo mais comum da doença – a psoríase em placas - em pacientes com as formas moderada a grave.

A psoríase se apresenta em forma de placas, ou seja, lesões avermelhadas e elevadas, com escamas prateadas ou esbranquiçadas, em diversas regiões do corpo. "Trata-se de uma doença que carrega estigmas e prejudica a saúde física e emocional dos pacientes. Por atuar de forma bastante específica, guselcumabe traz um resultado transformador", comenta Telma Santos, Diretora Médica da Janssen Brasil.

Dados do estudo clínico VOYAGE 2[i] demonstraram que sete em cada 10 pacientes tratados com guselcumabe tiveram melhora de 90% dos sinais da psoríase após seis meses de uso do produto. O medicamento também apresentou eficácia 20% superior na redução das lesões em comparação ao adalimumabe, uma das atuais opções terapêuticas para a doença.

Guselcumabe possibilitou ainda a manutenção desses resultados a longo prazo já que, após um ano e meio, 86% dos pacientes conservaram o índice de 90% de redução das lesões de pele, conforme dados apresentados recentemente no congresso da Academia Americana de Dermatologia (AAD).

O medicamento é um anticorpo monoclonal, aplicado por injeções subcutâneas, a cada oito semanas, após duas doses iniciais. Agora, o produto passará por processo de aprovação de preço na Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

Guselcumabe reforça o portfólio de Imunologia da companhia no tratamento de diversas doenças imunomediadas, como artrite reumatoide, artrite psoriásica, espondilite anquilosante, Doença de Crohn e retocolite ulcerativa.

MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Juliana Vieira - juliana.vieira@littlegeorge.com.br / (11) 5090-8900 R.: 8614 

Deborah Moratori - deborah.moratori@littlegeorge.com.br / (11) 5090-8953 

Flávia Knispel - flavia.knispel@littlegeorge.com.br / (11) 5090-8900 R.: 8852



[i] http://www.jaad.org/article/S0190-9622 (16)31158-6/abstract Reich K, et al. Efficacy and safety of guselkumab, an anti-interleukin-23 monoclonal antibody, compared with adalimumab for the treatment of patients with moderate to severe psoriasis with randomized withdrawal and retreatment: Results from the phase III, double-blind, placebo- and active comparatore controlled VOYAGE 2 trial.  J AM ACAD DERMATOL;

VOLUME 76 (3):418-431.

Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda.

FONTE Janssen

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos