Bolsas

Câmbio

Código de boas condutas para setor bancário nos EUA não funciona, diz "FT"

Da Redação
Em São Paulo

A tentativa de regulação bancária nos Estados Unidos foi "bela, mas sem sucesso", afirma a edição desta quarta-feira do "Financial Times" (assinante UOL tem acesso ao texto na íntegra).

O colunista Martin Wolf afirma que o código de boas práticas que devem ser adotadas voluntariamente lançado pela comunidade bancária do Instituto de Finanças Internacionais (IFF, na sigla em inglês) não deve ser adotado por ninguém

O motivo, diz o artigo, é que o documento traz uma autocrítica "devastadora" sobre pontos fracos dos bancos norte-americanos

"Você compraria um código voluntário de pessoas que descrevem seus próprios erros deste modo brutal? Eu achei que não", diz o colunista .

Segundo o artigo, em um setor tão competitivo quanto o bancário, "um código voluntário quase certamente não valeria o papel em que está escrito".

Para o autor, muitos bancos devem se safar de seus erros feitos de forma irresponsável com a publicação de manuais como códigos de boa conduta.

No caso, o IFF que foi lançado em 1983 justamente em resposta à crise da dívida dos países em desenvolvimento, agora passa pela crise das hipotecas.

"O IIF foi criado não apenas para representar o setor, mas para melhorar seu desempenho. Está claro que isso não funcionou".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos