Bolsas

Câmbio

IGP-DI sobe 1,88% em maio, maior resultado desde janeiro de 2003, diz FGV

Da Redação
Em São Paulo

O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 1,88% em maio, o maior avanço registrado desde janeiro de 2003, quando o indicador havia avançado 2,17%, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Em abril, o IGP-DI subiu 1,12%.

Analistas vêem IPCA em 5,55% em 2008, diz pesquisa
Inflação pelo IPC-S é de 1,12% na primeira prévia do mês

A alta em maio superou as estimativas dos economistas, que previam alta de 1,70% para o índice, de acordo com a mediana de 18 projeções de analistas consultados pela Reuters na semana passada.

Entre os componentes do IGP-DI, o Índice de Preços por Atacado (IPA) mostrou aceleração, subindo 2,22% em maio ante alta de 1,30% em abril.

A principal contribuição para a aceleração partiu do subgrupo alimentos in natura, cuja taxa passou de queda de 7,58% em abril para uma alta de 4,04% em maio.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) também subiu no mês passado, atingindo alta de 0,87%. No mês anterior, o indicador tinha subido 0,72%.

No IPC, a maior contribuição para a aceleração também partiu do grupo Alimentação, com alta de 2,33%. Alguns itens que compõem o grupo tiveram avanços expressivos, como hortaliças e legumes -que subiram 10,20%- e arroz e feijão, que passou de uma queda de 3,47%, para um avanço de 4,57%.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta de 2,02% em maio, variação também maior se comparada ao aumento de 0,87% registrado em abril.

(Com informações da Reuters)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos