Bolsas

Câmbio

Desemprego em SP tem a menor taxa para maio desde 1996

Da Redação
Em São Paulo

O desemprego na região metropolitana de São Paulo em maio atingiu 14,1%, após ter ficado em 14,2% em abril, segundo informou nesta quarta-feira a Fundação Seade/Dieese. De acordo com o órgão, foi a menor taxa para um mês de maio desde 1996, quando o desemprego havia atingido 16,1% (veja gráfico abaixo).

No mês passado, o contingente de desempregados em São Paulo teve leve diminuição de 7.000 e registrou 1,481 milhão de pessoas desocupadas.






"Esse resultado deveu-se à criação de 36 mil postos de trabalho em maio, número pouco superior às 29 mil pessoas que entraram no mercado de trabalho da região em abril", diz a Seade/Dieese.

O resultado de maio refletiu, segundo a pesquisa, o crescimento do emprego em 8,2% no grupo "Outros Setores", que agrega a construção civil e serviços domésticos. Em contrapartida, houve queda de 1,4% nos postos de trabalho do comércio e de 0,6% na indústria, após este segmento ter registrado dois meses consecutivos de crescimento.

Rendimento real
Em maio, o rendimento real médio do pessoal ocupado na região metropolitana de São Paulo manteve-se estável sobre abril em R$ 1,207, enquanto dos assalariados cresceu em 0,5% para R$ 1,286. Sobre o ano passado, os rendimentos reais dos ocupados também ficaram estáveis enquanto dos assalariados cresceram 1%.

Regiões
Nas seis regiões metropolitanas do Brasil, que incluem Distrito Federal, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo, o desemprego registrou queda de 14,8% em maio sobre os 15% apurados em abril. Esta é menor taxa para o mês desde 1998, segundo a Seade/Dieese.

O total de desempregados nestas seis regiões em maio ficou estimado em 2,94 milhões de pessoas, número inferior em 17 mil ao apurado em abril. Segundo a pesquisa, no mês passado, foram gerados 85 mil novos empregos, quantidade suficiente para absorver a entrada de 68 mil novas pessoas no mercado de trabalho.

Por outro lado, o número de empregados em maio nas seis regiões atingiu 16,9 milhões de pessoas, enquanto a PEA (População Economicamente Ativa) destes locais somou 19,8 milhões no período.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos