Bolsas

Câmbio

Inflação medida pelo IPC-Fipe desacelera e tem a menor taxa desde abril

Da Redação
Em São Paulo

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC)desacelerou para 0,56% na terceira leitura do mês, ante 0,59% marcados na última medição, segundo informações da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). De acordo com a entidade, este é o sexto recuo consecutivo do índice e também a menor taxa desde a quarta prévia de abril, quando o IPC ficou em 0,54%.

Alimentação e Despesas Pessoais dividiram as pressões mais expressivas sobre o indicador, com elevação de 1,55% e 1,23%, respectivamente. Na segunda prévia de julho, esses grupos subiram 1,85% e 1%.

Saúde cresceu 0,77% agora depois de marcar 0,74% na apuração antecedente. Transporte passou de 0,17% para 0,30% de alta e Educação foi de 0,07% para 0,05%.

No território negativo, apareceu Vestuário, com baixa de 0,13%, uma inversão da direção tomada na medição anterior, de elevação de 0,09%. Habitação diminuiu 0,11%, repetindo o recuo do segundo levantamento do mês.

(Com informações do Valor Online)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos