Bolsas

Câmbio

Banco Central volta a vender dólares no mercado à vista

Da Redação
Em São Paulo

O Banco Central voltou a vender dólares no mercado à vista nesta quinta-feira, depois de ter realizado três leilões ontem, segundo informações da Agência Brasil. A venda direta foi a uma taxa de R$ 2,17, menor que as três de ontem (R$ 2,44, R$ 2,37 e R$ 2,35)

O BC não informa os valores que colocou no mercado. Desde 13 de março de 2003, início do governo Lula, o BC não fazia esse tipo de venda direta. Nesse tipo de operação, a moeda norte-americana efetivamente sai das reservas e passa às mãos dos compradores.

A diferença entre o leilão de dólares que o BC vinha fazendo antes para essa agora, é que a venda atual é no mercado à vista. Os leilões dos últimos dias, chamados de swap cambial, equivaliam a vender dólares no futuro.

Esse contrato de swap paga a quem o adquire a variação da taxa de câmbio em determinado período. Os investidores compram o contrato em vez de adquirir dólares.

Depois do agravamento da crise financeira, o BC vendeu dólares com compromisso de compra, ou seja, no vencimento esses recursos vão voltar ao BC. A autoridade monetária também atuou no mercado futuro, com as operações de swap cambial.

Também nessa modalidade, os dólares voltam ao BC depois de determinado tempo. Com as vendas de dólares no mercado futuro, há uma contribuição para impedir que o dólar negociado à vista suba.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos