Bolsas

Câmbio

Cristina Kirchner anuncia injeção de R$ 9,4 bilhões na economia argentina

Da Redação
Em São Paulo

(Texto atualizado às 17h10)

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou nesta quinta-feira (4) a injeção de 13,2 bilhões de pesos (R$ 9,4 bilhões) na economia. O montante será distribuído em linhas de crédito do BICE (Banco de Inversão e Comércio Exterior) para empréstimos a empresas, a uma taxa de 11% ao ano.

Segundo o site do jornal argentino Clarín, Cristina admitiu que a injeção de capital é um plano de contingência criado para enfrentar a crise financeira internacional.


O plano inclui repassar 3,5 bilhões de pesos (R$ 2,5 bilhões) para o consumo popular, 1,25 bilhão (R$ 912 milhões) para a indústria, 1,7 bilhão (R$ 1,24 bilhão) para a agricultura, 3,1 bilhões (R$ 2,26 bilhões) em empréstimos ao setor automotivo e 3,5 bilhões (R$ 2,5 bilhões) para pequenas e médias empresas.

Além disso, Kirchner anunciou uma redução de 5% nas alíquotas das exportações de milho e trigo, gãos dos quais a Argentina é, respectivamente, o segundo e o quarto maior exportador do mundo.

De acordo com o site do diário Página 12, o objetivo dos repasses é incentivar a produção, os investimentos, o trabalho, o emprego e o consumo no país.

Para receber os empréstimos do BICE, as empresas terão que se comprometer a não cortar empregos. A presidente argentina exigiu também que os empresários trabalhem com margens de lucratividade menores.

(Com informações da AFP)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos