Bolsas

Câmbio

Empréstimos para montadoras dos EUA somarão US$ 17,4 bi, diz agência

Da Redação

Em São Paulo

Os empréstimos para os principais fabricantes de automóveis dos Estados Unidos somarão US$17,4 bilhões, disse a agência de informações Reuters. O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush faz pronunciamento nesta sexta-feira sobre as medidas às montadoras.

Tanto a GM quanto a Chrysler foram forçadas a paralizar fábricas e demitir milhares de trabalhadores por toda a América do Norte à medida que tentam levantar capital, e alertaram que poderão ir à falência se não puderem contar com assistência federal.

A Ford, em situação menos problemática, pede uma linha de crédito que poderá ser utilizada se suas finanças ficarem pior que o esperado em 2009.

Os três gigantes do setor automotivo dos Estados Unidos empregam, juntos, 240 mil pessoas diretamente. Com a inclusão dos postos de trabalho indiretos, a exemplo de autopeças, outros fornecedores e concessionárias, o setor representa 2,2 milhões de empregos e US$ 65 bilhões anuais em salários. A indústria afirma que é responsável por 10% dos empregos norte-americanos.

Nenhuma montadora foi poupada pelo bruto declínio global de vendas.

A japonesa Toyota pode registrar o seu primeiro prejuízo operacional na sua matriz em 71 anos no ano fiscal que termina em março, e poderá emitir um alerta de lucro em uma coletiva de imprensa de final de ano marcada para a segunda-feira, informou a mídia japonesa.

A Toyota, que se recusou a comentar as notícias, registrou um prejuízo operacional pela última vez em seu primeiro ano de operação, no ano fiscal de 1937/1938.

As ações da Toyota fecharam em queda de 2%.

As montadoras em todos os lugares estão sob pressão para cortar custos, em um momento em que a recessão global e o crédito apertado estrangulam a demanda, e as montadoras japonesas ainda estão sendo ainda mais prejudicadas ante um iene mais forte.

(Com informações de AFP, Efe e Reuters)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos