Zimbábue corta 12 zeros de sua moeda

Da Redação

Em São Paulo

O banco central do Zimbábue reavaliou seu dólar mais uma vez nesta segunda-feira, cortando 12 zeros de sua moeda numa tentativa de combate à hiperinflação local. Assim, a entidade procura evitar um colapso total da economia do país.

A crise tem piorado com a disputa política entre o presidente Robert Mugabe e seu rival Morgan Tsvangirai. No entanto, a oposição concordou semana passada em se juntar à coalizão governista, melhorando as expectativas de que a atividade econômica poderia ser salva de maiores estragos.

ANTES E DEPOIS
Reuters - 22.jul.08
Em julho, a nota de 100 bilhões de dólares zimbabuanos já não comprava nem três ovos no mercado
AFP
Novas notas reduzem 1 trilhão a apenas um dólar zimbabuano como forma de conter a hiperinflação
VEJA FOTOS AMPLIADAS
UOL ECONOMIA
O país africano luta contra a maior taxa de inflação do mundo, medida oficialmente em 231 milhões por cento, além da grave escassez de alimentos e de moeda estrangeira.

Gideon Gono, diretor do banco central, disse que o novo dólar passa a circular a partir desta segunda-feira. Algumas políticas de câmbio também serão relaxadas, assim como o procedimento legal para negociar ouro imposto aos produtores.

Em janeiro, o Zimbábue passou a permitir que as empresas cobrem por seus produtos e paguem os funcionários em moeda estrangeira, numa tentativa de barrar o avanço da inflação.

A Bolsa de Valores do país, que não opera há dois meses, também terá licença para negociar em câmbio estrangeiro assim que as empresas com ações disponíveis forem listadas e a instituição apresente seus critérios de avaliação.

(Com informações da Reuters)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos