Produção de veículos aumenta 92,7% em janeiro, diz associação

Da Redação

Em São Paulo

(Texto atualizado às 15h19)

A produção da indústria automobilística quase dobrou de dezembro para janeiro, informou nesta segunda-feira a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). Foi o primeiro aumento após cinco meses de queda.

O número de unidades fabricadas passou de 96.586 no último mês de 2008 para 186.124 no primeiro deste ano, uma alta de 92,7%. Foram produzidos 175.902 automóveis e comerciais leves, 7.566 caminhões e 2.656 ônibus em janeiro.


Em dezembro, a produção foi excepcionalmente reduzida devido a férias coletivas que montadoras concederam a seus funcionários. "Dezembro foi o grande mês das férias coletivas e a indústria produziu muito menos", afirmou Jackson Schneider, presidente da Anfavea.

Na comparação com janeiro de 2008, quando a marca foi de 255.228 unidades, houve queda de 27,1% na produção.

Dados preliminares mostram que os números seguem positivos no início deste mês, embora ainda abaixo dos níveis de antes da crise.

"A redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) teve efeito direto. Essa recuperação veio justamente por esse efeito... Deve continuar se recuperando (ao longo de fevereiro), mas não ainda no ritmo de antes, pré-crise", disse o presidente da Anfavea.

No caso das vendas, houve aumento de 1,5% em janeiro sobre dezembro e queda de 8,1% ante janeiro do ano passado, para 197,5 mil unidades.

"Já as exportações não estão voltando. (...) As exportações caíram em todos os mercados importantes --para todos os países da América Latina, os europeus e os Estados Unidos. Os mercados estão todos menores", afirmou Schneider.

Segundo dados de entidades do setor compilados pela Anfavea, o crédito no setor aumentou 0,3% em janeiro ante dezembro, enquanto os juros de financiamentos recuaram 0,3%.

(Com informações de Reuters e Valor Online)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos