Bolsas

Câmbio

Superávit primário do governo cai 72% em janeiro em relação a um ano antes

Da Redação

Em São Paulo

(Texto atualizado às 15h19)

O superávit primário do governo (diferença entre receitas e despesas, sem contar os gastos com juros) em janeiro ficou em R$ 4,251 bilhões, o que representa uma queda de 72% em relação aos R$ 15,362 bilhões verificados no mesmo mês do ano passado.

Em dezembro de 2008, as contas públicas federais haviam registrado um déficit de R$ 20,023 bilhões. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pelo Tesouro Nacional.


"A evolução do resultado do governo central comparativamente ao mesmo período do ano anterior foi influenciada por fatores atípicos ocorridos neste e naqueles exercícios", afirmou em Tesouro em nota. Nessa comparação, houve queda da receita e aumento de gastos.

Os números se referem ao chamado governo central, que abrange, a Previdência Social e o Banco Central, além do próprio Tesouro. Os dados referentes ao todo o setor público, incluindo União, Estados, municípios e empresas estatais, ainda não foram divulgados.

Em janeiro deste ano, o Tesouro Nacional teve resultado positivo de R$ 10,612. A Previdência verificou déficit de R$ 6,337 bilhões, e o Banco Central, de R$ 23,6 milhões.

A receita do governo central ficou em R$ 62,843 bilhões em janeiro, abaixo dos R$ 64,569 bilhões do mesmo mês de 2008. Descontadas as transferências para Estados e municípios, de R$ 10,457 bilhões, a receita líquida situou-se em R$ 52,386 bilhões no mês passado.

Já as despesas somaram R$ 48,134 bilhões, contra R$ 38,98 bilhões registrados no primeiro mês de 2008.

(Com informações de Reuters e Valor Online)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos