Bolsas

Câmbio

Espera por pacote habitacional impulsiona ações do setor

Sílvio Crespo

Em São Paulo

As ações de empresas do setor imobiliário, que tiveram fortes perdas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) desde o segundo semestre do ano passado, anteciparam-se à divulgação do pacote habitacional do governo e já vêm registrando alta nas últimas semanas, analisa Clodoir Vieira, economista-chefe da corretora Souza Barros.

Os investidores vêm sendo influenciados por declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva anteriores ao anúncio oficial do pacote. Em 11 de fevereiro, Lula adiantou que o programa contemplaria a construção de 1 milhão de moradias no país até 2010.


Desde o início de março, as ações da Cyrela subiram cerca de 30%, enquanto as da MRV e da Gafisa avançaram 27%, e as da PDG, 26%.

"Desde que o Lula começou a falar em construir 1 milhão de casas, os investidores já foram avaliando quais empresas poderiam se beneficiar", afirma Vieira. A divulgação oficial do pacote acontece nesta quarta-feira.

O valor de mercado de 33 empresas do setor imobiliário e de construção que têm ações na Bolsa aumentou 13% em março até essa segunda-feira, 23, segundo dados compilados pela consultoria Economatica. No mesmo período, o Ibovespa, índice de referência das ações brasileiras, avançou 5%.

Até fevereiro, no entanto, a situação era oposta. O valor de mercado das empresas acumulava uma queda de 60% desde janeiro do ano passado (veja gráfico abaixo).


"Os lançamentos de imóveis caíram (no ano passado). As pessoas, com medo de perder o emprego, tendem a adiar a compra da casa própria", afirma Vieira.

As ações de algumas empresas do ramo imobiliário chegaram a cair 90% desde 31 de janeiro do ano passado até a última terça-feira (23), como a BR Brokers e a Abyara. No período, o Ibovespa recuou 28,7%.

De 33 companhias analisadas pela Economatica, dez acumularam, no mesmo intervalo, uma queda de mais de 80%, e apenas quatro tiveram desempenho melhor que o Ibovespa: Lix da Cunha (alta de 6,5%), Multiplan (queda de 17,5%), BR Malls (recuo de 21%) e Mendes Jr. (perda de 22,8%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos