Bolsas

Câmbio

Taxa de desemprego cairá para 7,5% até o final do ano, prevê Lupi

Da Redação

Em São Paulo

O mercado de trabalho brasileiro já passou dos impactos da crise global e a taxa de desemprego deve cair para cerca de 7,5% até o fim deste ano, ante os atuais 8,5%, disse o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, nesta terça-feira.

"O pior acabou", disse Lupi à agência de informações Reuters durante conferência de ministros do Trabalho em Roma. Questionado sobre onde vai parar o desemprego no final do ano, ele disse: "Mais ou menos 7,5, 7,6%."

18.mar.2009 - Sergio Lima/Folha Imagem
O ministro Carlos Lupi, do Trabalho: "O pior acabou"
CRISE FINANCEIRA
UOL ECONOMIA
A taxa de desemprego no Brasil saltou pelo segundo mês consecutivo em fevereiro, subindo para 8,5%, frente 8,2% em janeiro.

O país perdeu 750 mil postos de trabalho formais nos últimos três meses, segundo pesquisa do Dieese (Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos). O estudo aponta que a perda representa 2,3% do total de empregos.

A economia nacional voltou a gerar empregos em fevereiro, após três meses seguidos de cortes. Foram criadas 9.179 vagas formais, pior resultado para meses de fevereiro em dez anos, segundo dados do Ministério do Trabalho.

Lupi, no entanto, prevê uma retomada e já projeta a criação de 100 mil empregos formais neste mês. "Março será o mês da virada", chegou a dizer o ministro há duas semanas.

(Com informações de Reuters e Valor Online)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos