Bolsas

Câmbio

Meirelles diz que há mais chances de continuar à frente do BC até o fim de 2010

Da Agência Brasil

Brasília - O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, disse que há duas datas possíveis para a sua saída: no fim de 2010, quando termina o atual mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ou em março, caso opte por se candidatar a cargo público. Há rumores sobre sua candidatura ao governo de Goiás ou ao Senado. Mas, de acordo com Meirelles, a maior probabilidade é de que ele atenda ao pedido de Lula e fique até o fim do ano que vem.

Meirelles também afirmou que não estão previstas mais mudanças na diretoria da instituição enquanto ele estiver no cargo. De acordo com o presidente do BC, os diretores de Política Econômica, Mario Mesquita, e de Liquidações, Gustavo do Vale, manifestaram "interesse e concordância" de permanecerem no cargo enquanto durar a gestão dele.

Ontem (16), o diretor de Política Monetária do Banco Central, Mário Torós, deixou o cargo depois de ser publicada na última sexta-feira (13) uma reportagem no jornal Valor Econômico em que ele falou sobre os bastidores da atuação do BC durante a crise financeira internacional.

Meirelles falou com os jornalistas após participar de debate promovido pela Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). No evento, ele defendeu o investimento em educação e infraestrutura para que o país se torne no futuro a quinta economia do mundo.

Segundo o presidente do BC, o Brasil precisa ainda manter a responsabilidade fiscal, monetária e cambial para dar base ao crescimento econômico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos