Bolsas

Câmbio

Embraer diz não esperar onda de cancelamentos em 2010

Da Redação, em São Paulo

A fabricante de aeronaves Embraer (EMBR3) disse que não espera uma "nova onda" de cancelamentos de encomendas em 2010. No entanto, o patamar de vendas só deve subir em 2011, apontou.

Em comunicado ao mercado, a companhia reiterou a previsão de uma redução de 10% no total das receitas em 2010, como foi anunciado em outubro. A Embraer ainda aponta uma tendência de que os estoques acumulados sejam absorvidos ao longo deste ano.

Sobre os investimentos previstos para o período, no entanto, a empresa diz que ainda não emitiu uma divulgação formal.

Mercado

Em 5 de janeiro, a companhia aérea norte-americana de voos regionais Mesa Air Group pediu proteção contra concordata em um tribunal de Manhattan para eliminar o excesso de aeronaves e chegar a uma "conclusão em melhor tempo" sobre seu litígio com a Delta Air Lines.

No dia seguinte, a Embraer informou não ser credora da Mesa Air Group. Apesar disso, a fabricante brasileira disse ter obrigações com garantias associadas a financiamentos de 36 jatos ERJ 145, de 50 assentos, da Mesa Air Group.

(Com informações do Valor e da Reuters)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos