Venda de títulos públicos pela internet cai pelo sexto mês seguido

Wellton Maximo

da Agência Brasil

A venda de títulos públicos pela internet em dezembro ficou abaixo do total registrado no mesmo mês do ano anterior. Segundo números divulgados hoje (20) pelo Tesouro Nacional, a venda de papéis por meio do programa Tesouro Direto somou R$ 126,24 milhões no mês passado.

O valor é 41,3% maior que o registrado em novembro, quando as vendas atingiram R$ 89,33 milhões. No entanto, o volume é 21,4% menor que o de dezembro de 2008. Naquele mês, as vendas haviam totalizado R$ 160,77 milhões.

Dezembro foi o sexto mês consecutivo em que as vendas de títulos a pessoas físicas pela internet foram menores que as do mesmo mês no ano anterior. Com o resultado de dezembro, as vendas do Tesouro Direto totalizaram R$ 1,56 bilhão em 2009, valor praticamente estável em relação ao de 2008, em que foram vendidos R$ 1,558 bilhão.

O Tesouro Nacional não informou se a queda está relacionada com a dificuldade que o governo teve, no segundo semestre do ano passado, em lançar títulos no mercado. Por causa da expectativa de alta dos juros básicos em 2010, os investidores passaram a exigir juros maiores para os títulos públicos.

Para não ceder ao interesse dos aplicadores, o Tesouro, em alguns momentos, reduziu a venda de títulos. Caso o Tesouro aceitasse as taxas exigidas pelos investidores, os juros mais altos pressionariam o custo da dívida pública.

Apesar da queda nas vendas de títulos, o Tesouro Direto fechou 2009 com recorde de investidores. Ao longo do ano, 28.719 novas pessoas físicas se cadastraram no programa, alcançando um total de 174.658 investidores, com aumento de 19,7% sobre o total acumulado até 2008.

No ano passado, os investidores preferiram os títulos prefixados (com juros definidos no momento da compra). Esses papéis concentraram 48,1% das vendas. Em seguida, vieram os títulos indexados à inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que representaram 38,9%. Os papéis vinculados à taxa Selic ficaram em terceiro lugar, com 12,96%.

Criado em janeiro de 2002, o Tesouro Direto promove a venda de títulos públicos a pessoas físicas pela internet. O programa destina-se a pequenos investidores. Em 2009, as aplicação de até R$ 5 mil responderam por 63,1% das vendas.

Por meio dos títulos públicos, o governo pega recursos emprestados dos investidores para honrar compromissos. Em troca, o Tesouro compromete-se a devolver os recursos acrescidos de juros, que podem ser definidos com antecedência (no caso de papéis prefixados) ou seguir um indexador, como a taxa Selic, os índices de preços e o câmbio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos