Bolsas

Câmbio

Lula critica governos que deixam custo da crise para países pobres

Vitor Abdala

Da Agência Brasil

Rio de Janeiro - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou hoje (28) governantes que buscam respostas para a crise econômica por meio da transferência do ônus para "os mais fracos". Lula participou da abertura do 3º Fórum Mundial da Aliança de Civilizações, no Museu de Arte Moderna, no Rio de Janeiro.

"Incapazes de assumir seus próprios erros, alguns governantes buscam transferir o ônus da crise para os mais fracos. Adotam medidas protecionistas que oneram bens e serviços exportados para países em desenvolvimento. Ao mesmo tempo, se mostram lenientes [tolerantes] com os paraísos fiscais e responsabilizam imigrantes pela crise social", disse Lula.

Ao se referir aos imigrantes, que são um dos temas do fórum, Lula disse que o Brasil está aberto e solidário para quem vem ao país em busca de "trabalho digno e vida melhor". Ele defendeu também o combate à xenofobia [aversão a estrangeiros]. "A comunidade internacional precisa reagir. Combater as manifestações de xenofobia e de racismo é tarefa inadiável."

O presidente também voltou a pedir a reforma das instituições multilaterais internacionais. "A crise financeira que se abateu sobre todos mostrou o quão necessário será contar com organizações multilaterais vigorosas, à altura de um mundo cada vez mais diverso e multipolar. Mas constatamos grande resistência a mudanças", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos