Bolsas

Câmbio

Emprego na indústria de SP sobe quase 3% em relação a 2009

O emprego na indústria de São Paulo recuperou-se em maio da queda registrada em abril, a primeira redução desde agosto de 2009, refletindo contratações generalizadas no setor puxadas pelos seguimentos de veículos, bebidas e sucroalcooleiro.

O emprego cresceu 2,73% em maio na comparação com o mesmo mês de 2009. Em relação a abril, houve alta de 0,32%. Isso é o equivalente à abertura de 16.500 vagas, informou a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) nesta quarta-feira. Sem ajuste, houve alta de 0,67%.

Já no acumulado entre janeiro e maio houve avanço de 5,95%, com a geração de 139 mil novos postos

Dos 22 setores pesquisados, 21 relataram contratações em maio e um informou demissões.

Em termos percentuais, os destaques de alta de emprego foram os setores de Bebidas, com avanço de 2,3% em maio sobre abril, e Fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis, com aumento de 2,2%.

Em número de vagas, os destaques foram Veículos automotores, reboques e carrocerias, que contratou 3.359 funcionários, e Confecção de artigos do vestuário e acessórios, com 1.944 novos postos.

(Com informações da Reuters)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos