Petrobras tem a maior queda de valor de mercado na América Latina no ano

Da Redação, em São Paulo

A Petrobras é a empresa de capital aberto (com ações na Bolsa) que registrou a maior queda nominal de valor de mercado ao longo deste ano, segundo levantamento da consultoria Economatica.

Até a última segunda-feira (23), o valor da Petrobras (PETR3 e PETR4) em Bolsa caiu US$ 56,2 bilhões, o que representa queda de 28,2%. No período, o valor de mercado da estatal passou de US$ 199,3 bilhões para US$ 143,1 bilhões.

Para fazer o levantamento, a Economatica analisou o valor de mercado de 751 empresas de capital aberto da América Latina. A consultoria não considerou as ações em tesouraria. Neste tipo de estudo também não é levado em conta a inflação registrada no período.

O valor de mercado é o preço de cada ação da empresa multiplicado pelo número de papéis em circulação, ou seja, representa o quanto um investidor pagaria se fosse possível comprar todas as ações da companhia.

VALOR DE MERCADO DAS EMPRESAS LATINO-AMERICANAS

Posição Empresa País Valor de mercado (31/12/09)* Valor de mercado (23/08/10) * Queda nominal* Variação
Petrobras Brasil 199,3 143,1 56,2 28,2%
Eletrobras Brasil 23 14,7 8,3 36,1%
Gerdau Brasil 21,8 17,5 4,3 19,8%
Tenaris Argentina 24,7 20,5 4,2 17,1%
Santander Brasil 52,9 49 3,8 7,3%
Itaú Unibanco Brasil 88,7 85,2 3,5 4%
Cemex México 11,5 8,2 3,2 28,1%
Fibra Brasil 10,5 7,4 3,1 29,5%
Telemar Brasil 8,7 5,8 2,8 32,8%
10º Brasil Telecomunicações Brasil 6,9 4,1 2,8 40,1%
13º Vale Brasil 139,7 137,3 2,3 1,7%
  • * Em bilhões de US$
  • Fonte: Economatica

A Economatica também informou que, segundo um estudo complementar no qual foi incluído as empresas dos Estados Unidos, a Petrobras aparece em segundo lugar entre as maiores perdas de valor de mercado.

Neste caso, a estatal brasileira só perderia para a Microsoft, de Bill Gates, que viu seu valor cair US$ 60,5 bilhões ao longo deste ano.

No ranking que leva em conta apenas as empresas latino-americanas, a segunda com maior queda de valor de mercado é a Eletrobras (ELET3 e ELET6). No ano, a estatal brasileira perdeu US$ 8,3 bilhões, ou seja, desvalorização de 36,1 %. O valor da empresa passou de US$ 23 bilhões para US$ 14,7.

Entre as 20 empresas com maior perda de valor de mercado, 16 são brasileiras, três são mexicanas e uma é argentina.

O setor de telecomunicações é o que possui mais empresas na lista com cinco representantes, seguido pelo setor de siderurgia e metalurgia com três.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos