Bolsas

Câmbio

Produção industrial cresce mais de 3% em julho, diz CNI

Da Redação, em São Paulo

A produção industrial em julho cresceu 3,09% em relação ao mês anterior, divulgou nesta terça-feira a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice avançou de 51,8 em junho para 53,4 em julho.

Os dados da pesquisa variam de zero a cem. Valores acima de 50 pontos indicam evolução ou expectativa positiva.

Pela primeira vez no ano, os estoques da indústria ficaram acima do nível planejado, atingindo 51,3 pontos em julho. Desde janeiro, o indicador ficava abaixo de 50 pontos, indicando que os estoques estavam abaixo do esperado.

O economista da CNI Marcelo Azevedo destaca que o acúmulo de estoque (quando a produção é maior que a saída) registrado em julho se deve ao aumento da produção acima do ritmo da demanda. O indicador de evolução da produção registrou 53,4 pontos em julho, contra 51,8 pontos no mês anterior.

"Ocorreu um ajuste. Se esse acúmulo de estoque se repetir mais vezes, é preocupante. Nesse momento vemos apenas como algo transitório. O ideal é que esse indicador fique em 50 pontos, nível que mostra adequação à demanda", diz Azevedo.

A Sondagem Industrial foi feita entre 2 e 18 de agosto com 1.472 empresas. Destas, 817 são pequenas, 449 são médias e 206 são grandes.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos