Topo

IBGE mostra onde estão os melhores salários por atividade

Maria Carolina Abe

Do UOL Economia, em São Paulo

14/09/2011 10h00

Os trabalhadores da área de eletricidade e gás foram os mais bem pagos, na média, em 2009, recebendo 10,2 salários mínimos por mês. Considerando o salário mínimo atual, seriam R$ 5.559.

Em segundo lugar onde se pagam os melhores salários, aparecem os profissionais de organismos internacionais (8,1 salários mínimos, ou R$ 4.414,50), seguidos por aqueles que atuam com atividades financeiras, seguros e serviços relacionados (7,7 salários mínimos, ou R$ 4.196,50).

Os que ganharam menos foram os funcionários de alojamento e alimentação (1,6 salário mínimo, ou R$ 872), perto dos profissionais das áreas de arte, cultura, esporte e recreação (1,7 salário mínimo, ou R$ 926,50).

As informações são do estudo "Demografia das Empresas 2009", divulgado nesta quarta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados são de 2009, mas só foram liberados agora pelo IBGE.

Salário médio na administração pública caiu pela metade em 3 anos

A maior variação na média salarial de 2007 para 2009 foi verificada entre os trabalhadores de administração pública, defesa e seguridade social: passou de 15,1 salários mínimos (R$ 8.229,50, considerando o salário mínimo atual) em 2007 para 6,2 salários mínimos em 2009 (R$ 3.379).

Procurado pelo UOL Economia, o IBGE não soube  justificar essa variação e disse não ter esses dados prontos para serem informados.

Essa área específica de atividade medida pelo IBGE incluiu 425 órgãos do governo de forma geral, além de instituições de regulação das atividades econômicas e dos serviços de saúde e educação, por exemplo, juntamente com o pessoal de Defesa, Justiça, Relações Exteriores, Defesa Civil, segurança e ordem pública.

SALÁRIO MÉDIO MENSAL, POR ATIVIDADE ECONÔMICA (EM SALÁRIOS MÍNIMOS)

Atividade200720082009
Eletricidade e gás10,410,410,2
Organismos internacionais e outras instituições extraterritoriais6,18,58,1
Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados8,98,67,7
Administração pública, defesa e seguridade social15,115,16,2
Informação e comunicação6,16,16,1
Indústrias extrativas4,85,35,8
Atividades profissionais, científicas e técnicas4,54,44,2
Água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação3,83,83,6
Indústria de transformação3,73,73,5
Transporte, armazenagem e correio3,33,33,2
Atividades imobiliárias3,03,13,0
Construção2,62,72,9
Saúde humana e serviços sociais2,62,52,4
Educação2,32,32,2
Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas2,12,12,1
Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura2,02,12,0
Atividades administrativas e serviços complementares1,92,01,9
Outras atividades de serviços2,11,91,8
Arte, cultura, esporte e recreação1,91,81,7
Alojamento e alimentação1,61,61,6
  • Fonte: IBGE - Demografia das Empresas

O estudo do IBGE utiliza dados de pesquisas econômicas do Cadastro Central de Empresas (Cempre), além de registros administrativos do Ministério do Trabalho e Emprego e da Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Mais Economia