PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Facebook dá início a oferta inicial de ações estimada em US$ 5 bilhões

Do UOL, em São Paulo

01/02/2012 20h05Atualizada em 01/02/2012 20h44

O Facebook deu o pontapé inicial nesta quarta-feira (1º) para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) avaliada em US$ 5 bilhões (cerca de R$ 8,69 bilhões). A confirmação de um dos maiores IPOs do Vale do Silício estava sendo aguardada pelos investidores nas últimas semanas, e só saiu hoje após o fechamento dos mercados nos EUA. 

A rede social apresentou os documentos necessários para o IPO à Comissão da Bolsa de Valores dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês).

Especulou-se anteriormente que o Facebook poderia levantar US$ 10 bilhões, no que seria o quarto maior IPO da história dos Estados Unidos, atrás apenas de Visa Inc., General Motors e AT&T Wireless, segundo dados da agência Thomson Reuters.

Na semana passada, o jornal de negócios "Wall Street Journal" afirmou que o Facebook pretende ser avaliado entre US$ 75 bilhões e US$ 100 bilhões.

Os bancos Morgan Stanley, JP Morgan e Goldman Sachs serão os coordenadores líderes da operação.

A empresa de Mark Zuckerberg informou que sua receita em 2011 foi de US$ 3,71 bilhões e seu lucro líquido, de US$ 1 bilhão no ano passado.

"Costumamos falar sobre invenções, como a prensa e a televisão”, disse Zuckerberg em carta que acompanhou os documentos. “Hoje, nossa sociedade alcançou outro ponto de virada."

"Há uma enorme necessidade e uma enorme oportunidade de conectar as pessoas em todo o mundo, de dar voz a todos e de ajudar a transformar a sociedade para o futuro”, escreveu Zuckerberg. 

O Facebook, que afirma ter mais de 845 milhões de usuários ativos em todo o mundo, se tornou um dos mais populares destinos na internet, desafiando empresas estabelecidas como Google e Yahoo na disputa pelo tempo dos usuários e verbas dos anunciantes.

Eric Feng, ex-sócio do grupo de capital para empreendimentos Kleiner Perkins Caufield & Byers e atual presidente do site de redes sociais Erly.com, disse que os recursos obtidos com a oferta permitirão novas aquisições e novos projetos, como um celular ou netbook Facebook que vêm sendo alvo de boatos.

(Com informações da Reuters)

PUBLICIDADE