Bolsas

Câmbio

Empresa dos Emirados Árabes compra fatia do grupo de Eike por US$ 2 bi

Do UOL, em São Paulo

O bilionário e megaempresário Eike Batista anunciou nesta segunda-feira (26) a venda de parte de seu grupo, o EBX, para a Mubadala, empresa de desenvolvimento e investimento estratégico de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. O negócio foi fechado por US$ 2 bilhões.

O investimento de Abu Dhabi avalia o EBX como valendo US$ 35,5 bilhões, informou o grupo brasileiro. É a primeira vez que o grupo de empresas de Batista convida um parceiro estratégico para investimento na holding.

A revista "Forbes" apontou Eike Batista como o sétimo homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 30 bilhões (R$ 53 bilhões). É o maior bilionário brasileiro, de acordo com a publicação.

O grupo de Abu Dhabi, criado em 2002, atua em uma série de segmentos, desde aeroespacial a infraestrutura e saúde, tendo investimentos em conglomerados como General Electric e Carlyle.

Participação no grupo EBX

Com o aporte inicial, o grupo de Abu Dhabi garantirá participação preferencial de 5,63% na EBX, incluindo fatias indiretas nas empresas OGX (petrolífera), OSX (construção naval), MMX (mineração), LLX (logística) e MPX (energia).

Além disso, a operação dá à Mubadala participação nas empresas de capital fechado AUX (mineração de ouro), REX (imóveis) e IMX (esportes e entretenimento).

O acordo também garante à Mubadala participação em futuras oportunidades de investimento do grupo EBX e do empresário Eike Batista, como em empresas de tecnologia, cimento, fertilizantes e entretenimento, entre outras.

Como serão injetados os recursos

A injeção de recursos na EBX é "inicial" porque a parceria estratégica dos dois grupos cria "arcabouço e plataforma para colaboração adicional entre as duas organizações em áreas de interesse mútuo", segundo o grupo brasileiro.

O investimento da Mubadala, a primeira injeção direta e significativa de recursos do grupo de Abu Dhabi no Brasil, ocorrerá via Centennial Asset Brazil Equity Fund, veículo de investimento de Batista.

"Os recursos provenientes do investimento da Mubadala serão usados para reforçar a já sólida estrutura de capital do grupo, além de suportar o desenvolvimento de novos negócios", afirmou a EBX em comunicado ao mercado.

Antes da parceria estratégica com a Mubadala, palavra em árabe para "troca", as empresas de Batista acertaram acordos de investimentos com outros grupos internacionais, como a sul-coreana SK Networks e a chinesa Wuhan Iron and Steel.

(Com informações de Reuters e Valor)

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos