PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Boeing anuncia centro de pesquisas em São Paulo para este ano

Do UOL, em São Paulo

03/04/2012 11h43Atualizada em 03/04/2012 12h59

A fabricante norte-americana de aeronaves Boeing informou nesta terça-feira (3) que pretende ter um centro de pesquisa e tecnologia aeroespacial em São Paulo ainda este ano. A informação foi divulgada em entrevista coletiva em São Paulo.

A empresa ainda não soube definir qual será o investimento total no Brasil, mas disse acreditar que deve ficar entre US$ 4 milhões e US$ 5 milhões durante o primeiro ano.

Representantes da Boeing afirmaram que o centro de pesquisas no Brasil vai servir para que sejam buscadas novas soluções de materiais para a indústria aeronáutica. É o primeiro centro deste tipo da Boeing na América Latina -existem outros cinco no mundo.

De olho em contrato multibilionário com a FAB

Embora não tenha relacionado o projeto diretamente a uma eventual obtenção de um contrato multibilionário de jatos com a Força Aérea Brasileira (FAB), a presidente da Boeing no Brasil, Donna Hrinak, afirmou que o centro de pesquisa garante maior presença da empresa no país e reforça seu interesse na disputa. 

"O centro de pesquisa vai muito além de qualquer decisão do governo brasileiro... o (caça) F-18 é assunto de um dos negócios da Boeing", disse ela a jornalistas. 

A Boeing está oferecendo vender o caça F-18 ao Brasil, concorrendo com a francesa Dassault e a sueca Saab.

Cooperação com Embraer para biocombustíveis

Em outubro, a empresa anunciou um acordo de cooperação com a brasileira Embraer e a Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp, pública) para desenvolvimento de um programa de biocombustíveis para aviação.

Pelo acordo, as três instituições estudarão as oportunidades e desafios para o desenvolvimento da indústria de biocombustíveis para a aviação no Brasil. Essa análise viabilizará a construção de um centro de investigação para o setor, ainda sem data prevista para sua inauguração.

(Com informações da Reuters e France Presse)

PUBLICIDADE